Homem é preso acusado de espancar namorada até a morte em comunidade do Rio

Vitor Hugo é suspeito de ter espancado sua companheira, a jovem Klaudiane Fernanda, de 25 anos, que apesar de resgatada, não resistiu e morreu

0

A Polícia Civil revelou neste sábado (22) que prendeu um homem acusado de ter espancado até a morte sua namorada no Morro da Babilônia, uma comunidade localizada no Leme, na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Homem é preso após esfaquear a ex-companheira e ir à delegacia saber notícias dela

De acordo com a corporação, a prisão foi efetuada na sexta-feira (21) quando agentes da entidade cumpriram um mandado de prisão preventiva contra Vitor Hugo de Souza Chagas, suspeito de ter espancado Klaudiane Fernanda da Silva, que foi socorrida na época do fato, mas, por conta das inúmeras lesões, não resistiu e morreu. Isso, em outubro do ano passado.

Segundo Natacha Alves de Oliveira, delegada responsável pelo caso, a denúncia do caso aconteceu nas redes sociais quando um familiar da jovem fez uma publicação dizendo que Klaudiane havia sido espancada e morta pelo companheiro. Conforme explica a delegada, os parentes da vítima não haviam procurado as autoridades porque tinham medo de sofrer represália de traficantes da região.

homem
Vitor Hugo é suspeito de ter espancado sua companheira, a jovem Klaudiane Fernanda, de 25 anos, que apesar de resgatada, não resistiu e morreu. (Foto: reprodução)

Jovem chegou desfigurada no hospital

Natacha explica que as investigações constataram que Klaudiane e Vitor moravam juntos há cerca de um ano. Desde o começo, disseram as testemunhas ouvidas pela polícia, o companheiro era agressivo com a jovem, que diversas vezes foi agredida pelo rapaz.

No dia em que sofreu a última agressão, a jovem deu entrada no hospital completamente desfigurada, com o rosto muito inchado e as costas em carne viva. Segundo a delegada, o suspeito teria agredido a vítima com as mãos e também com um instrumento contundente.

Homem planejou fugir

Por fim, a delegada explica que, por conta da movimentação realizada pela família da vítima e também devido à repercussão do fato no Morro da Babilônia e pelas diligências realizadas pela polícia no local, o homem acusado do crime chegou a planejar uma fuga.

A ideia dele era sair da comunidade e ir para alguma cidade no Nordeste do país. No entanto, a Polícia Civil agiu antes e, agora, o destino do rapaz será a cadeia, visto que ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde já está à disposição da Justiça.

Leia também: Mulher leva tapas e chute de marido após pedir dinheiro para pagar manicure em MG

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.