Governo deve editar MP para ajudar cidades afetadas pelas chuvas

Bolsonaro deve aprovar uma MP com um crédito extraordinário de R$ 2,3 bilhões para socorrer as cidades atingidas pelas fortes chuvas

0

Uma Medida Provisória (MP) com um crédito extraordinário de R$ 2,3 bilhões para socorrer as cidades atingidas pelas fortes chuvas deve ser aprovada pelo presidente da república Jair Bolsonaro (PL). Assim como vem publicando nos últimos dias o Brasil123, municípios localizados em estados como Bahia e Minas Gerais registraram um alto volume de chuva, o que acarretou em dezenas de mortos e milhares de famílias desabrigadas.

Segundo a jornalista Ana Flor, da “Globo News”, a expectativa é que o texto com a ajuda financeira seja publicado no “Diário Oficial da União” já nesta sexta-feira (14).

De acordo com ela, membros do governo afirmam que, do valor a ser liberado, R$ 1 bilhão vai para o Ministério da Infraestrutura, para reparos de rodovias. O restante, isto é, R$ 1,3 bilhão, será destinado para o Desenvolvimento Regional, ou seja, para a reconstrução de cidades.

Ainda conforme explica Ana Flor, a informação é que esses recursos não serão contabilizados no teto de gastos, responsável por limitar as despesas públicas, pois a liberação virá através de uma MP, onde os valores poderão ser liberados imediatamente.

Chuvas fazendo vítimas

Nesta quinta (13), um levantamento realizado pela “Agência CNN” mostrou que, desde novembro, mês que começaram a ser registrados os altos volumes de chuvas, foram 59 mortes nos estados que mais foram atingidos por este fato: Bahia, Minas Gerais e São Paulo.

A Bahia foi o estado onde mais mortes foram relatas. Ao todo, 26 pessoas morreram em solo baiano por conta das chuvas. Logo atrás vem Minas Gerais, com 25 óbitos e São Paulo, que relatou oito vítimas. De acordo com a “Agência CNN”, hoje, são mais de 125 mil pessoas fora de suas casas por conta dos temporais, das enchentes e dos desabamentos.

Ainda conforme o levantamento, que mostra que, hoje, são 693 municípios afetados pelas chuvas ou em estado de emergência, além dos estados citados, outros sete foram fortemente afetados pelas tempestades: Rio de Janeiro, Maranhão, Tocantins, Pará, Piauí, Espírito Santo e Goiás.

Leia também: Casarão histórico de Ouro Preto é destruído por deslizamento; veja o vídeo

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.