Governo de Goiás anuncia concurso público para a Polícia Civil com mais de 800 vagas

A banca do concurso será o Instituto AOCP

0

O governo de Goiás, após uma espera de oito meses, divulgou no Diário Oficial do Estado, o extrato de dispensa de licitação para o concurso público da Polícia Civil.

Certame mais esperado pelos concurseiros

Segundo informado no portal de notícias do Estratégia Concursos, Ronaldo Caiado, governador de Goiás, tinha feito o anúncio do concurso em outubro de 2021:

“Eu quero mandar um recado aos concurseiros de Goiás: podem se preparar. Estudem bastante, porque o edital já foi assinado e teremos em breve o concurso para poder chegar mais policiais em todas as áreas da segurança pública de Goiás, mas saibam que não vão apenas entrar na Segurança Pública de Goiás como sendo um bom concurseiro ou preparado para tal trabalho.”

Ainda de acordo com o Estratégia Concursos, o certame da Polícia Civil de Goiás é um dos que mais gera expectativa nos concurseiros.

Concurso da Polícia Civil de Goiás: O que já se sabe

No momento o edital ainda não foi divulgado. Entretanto, pelo extrato de dispensa de licitação há as seguintes informações:

  • Ao todo, serão ofertadas 864 vagas;
  • 450 para Agente da Polícia Civil da 3ª Classe;
  • 310 vagas para Escrivão de Polícia da 3ª Classe;
  • 60 para o cargo de Papiloscopista de 3ª Classe;
  • 44 vagas para Delegado de Polícia Substituto;
  • A banca contratada é o Instituto AOCP.

Requisitos para as vagas ofertadas

Os requisitos, conforme o último edital para o concurso da Polícia Civil de Goiás, publicado em 2016, se mantidos serão:

  • Agente da Polícia Civil da 3ª Classe: Diploma ou certificado de conclusão em qualquer curso de nível superior, devidamente registrado e fornecido pela instituição de ensino, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), pelo menos da categoria “B”;
  • Escrivão de Polícia da 3ª Classe e Papiloscopista de 3ª Classe: Diploma ou certificado de conclusão em qualquer curso de nível superior, devidamente registrado e fornecido pela instituição de ensino, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Principais tarefas dos cargos

Com base no último edital, as principais tarefas para cada cargo seguem da seguinte forma:

  • Agente: Efetuar diligências a fim de prender criminosos; apreender objetos furtados e localizar pessoas; fazer investigações, realizar rondas noturnas e diurnas; policiar zonas impróprias para menores; desempenhar outras tarefas compatíveis com as atribuições do cargo;
  • Escrivão: Reduzir a termos ocorrências, declarações e depoimentos; expedir intimações, citações e notificações; redigir portarias, ofícios, mandados, termos, autos, ordens de serviço, editais, circulares, boletins; executar os trabalhos de datilografia/digitação necessários ao desempenho de suas funções; desempenhar outras tarefas compatíveis com as atribuições do cargo;
  • Papiloscopista: Realizar o serviço de identificação e zelar pelos equipamentos, documentos e materiais utilizados ou colhidos na identificação e nas pesquisas papiloscópicas e necropapiloscópicas; Ministrar instrução sobre as matérias de sua especialidade.

 

Veja também: Saque do FGTS de até R$ 6.220; veja quem poderá receber

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.