Fundos de dólar: vale a pena?

0

Proteger o seu patrimônio deve ser uma das suas prioridades ao começar no mercado financeiro. Isso porque não basta guardar dinheiro, é preciso que o poder de compra dele siga durante todos os anos investidos. Para os investidores que buscam fazer o hedge, um dos ativos mais comuns são os fundos de investimentos em dólar. Investir na moeda americana pode diminuir as perdas em momentos de crise, mas podem não render tão bem quanto outros ativos.

Por isso, é uma boa ideia investir em fundos de investimentos em dólar? Como montar uma estratégia que você consiga ter uma alocação ideal usando esse ativo? Nesse texto, vamos falar tudo sobre essa modalidade de investimentos que, segundo alguns analistas, deveria estar em todas as carteiras de investimentos. Ainda, vamos explorar algumas modalidades disponíveis no mercado, com preços acessíveis e taxas baixas.

O que são os fundos de investimentos em dólar?

Como o próprio nome diz, os fundos de investimentos em dólar investem diretamente na moeda americana. Por isso, quando o dólar sobe, o fundo ganha. Por outro lado, quando o dólar cai, o fundo perde. Mas existem diversos cenários na economia que podem sinalizar uma provável direção para a moeda americana.

Ao utilizar os fundos de investimentos em dólar, as gestoras atuam comprando contratos futuros de dólar. Funciona assim: minuto a minuto, o mercado negocia a compra e venda de dólar. E é assim que o preço se movimenta. Quando muita gente quer dólares, a cotação sobe. Mas quando pouca gente quer dólares ou quando mais pessoas querem o real, a cotação da moeda cai. E isso acontece por diversos motivos: empresas querem comprar máquinas, uma pessoa deseja viajar, uma siderúrgica quer comprar aço, e assim por diante.

Porém, épocas de crise tendem a fazer o dólar subir. Foi o que aconteceu no início da pandemia. Quando o mundo se deparou com a covid, a busca pela moeda americana, a mais segura do mundo, disparou, fazendo o dólar passar dos R$6,00 em alguns dias. Por outro lado, quando a economia brasileira vai bem, há a tendência de investidores comprarem reais para investir aqui. O atual momento, segundo analistas, é de tendência de alta do dólar. Isso porque os juros devem subir nos Estados Unidos, o que prejudica o câmbio.

fundo de dólar
Foto: NeonBrand | Reprodução

Como investir?

Por isso, é importante que você invista em fundos de investimentos em dólar quando quiser proteger o seu patrimônio. No ano de 2021, a bolsa caiu 12%, enquanto o dólar engatou uma alta de 10%, aproximadamente. Dessa forma, quem tem uma carteira com metade em moeda americana e metade em Ibovespa fechou o ano praticamente no zero a zero. E é exatamente essa a função desse fundo.

Em tempos de crise, é indicado que você busque esses fundos. Com isso, você diminui as perdas causadas pelos investimentos em bolsa, por exemplo. Por outro lado, em tempos de alegria no Ibovespa, você pode perder parte de seus retornos com prejuízos no dólar. Porém, analistas recomendam uma carteira com até 5% de fundos de investimentos em dólar, para mitigar perdas e evitar muitas oscilações.

Para isso, diversas gestoras têm esses fundos de investimentos em dólar, como a Warren, o Banco do Brasil, o Santander e demais corretoras. Caso deseje investir, basta entrar em contato com a sua corretora e ver as opções. Contudo, atente-se às taxas e aos demais custos, para não ter sustos na hora do resgate.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.