Financiamento automotivo tem alta em maio

0

A B3, bolsa de valores do Brasil, informou que no mês de maio as vendas de automóveis subiram bastante. Os financiamentos automotivos somaram 478 mil unidades, uma alta de 13,7% em relação ao mês anterior, abril. Apesar disso, se compararmos com os dados de maio do ano passado, as vendas tiveram uma queda de 5%.

Apesar disso, os especialistas alertam que talvez não seja a melhor hora para comprar um carro. Por isso, hoje vamos falar sobre o momento atual do mercado e como você deve agir em relação a isso. Vale lembrar que, independentemente da sua escolha, o importante é sempre pesquisar bastante.

Financiamento automotivo está em alta

Dados da B3 mostram que os brasileiros voltaram a comprar veículos. Em maio, o financiamento automotivo subiu 13,7% em relação ao mês anterior. Vale lembrar que o mercado de veículos foi bastante castigado com a pandemia, tendo meses em que a queda de produção e venda superou a casa dos 90%.

O segmento de veículos leves, que são os carros do dia a dia, tiveram alta de 13,2%. Nesse dado, houve uma alta de 22,3% em financiamento automotivo de carros zero. Dessa forma, esse é um indício de que o setor pode retomar uma aceleração novamente, o que á uma excelente notícia, principalmente por conta da importância do setor na criação de serviços diretos e indiretos. Apesar disso, em relação a maio de 2021 houve uma queda de 9,1% no financiamento de automóveis leves.

Além disso, a tendência de financiamento automotivo de motos segue em alta. Pelo segundo mês consecutivo o financiamento de veículos bimotores registrou o maior aumento. No mês passado, 107 mil motos foram financiadas, uma alta de 15,8% em relação a abril e 18,6% em relação a maio de 2021. Além disso, o financiamento de veículos pesados subiu 11,3% em relação a abril.

Preço do seguro sobe em abril
(Imagem: Reprodução / renovaseguros.com.br).

Vale a pena comprar um automóvel ainda?

Sobre o atual cenário para financiamento automotivo, especialistas divergem. Isso porque tudo depende de diversos fatores. Com isso, é importante que você analise o seu caso com cuidado antes de tomar uma decisão. Além disso, é preciso olhar os juros do financiamento, bem como o preço da parcela que você terá que pagar.

Por isso, é importante ressaltar que a taxa básica de juros, a Selic, está em 12,75% e tende a aumentar nessa semana. Dessa forma, o financiamento automotivo, que está caro, ficará ainda menos acessível para os consumidores. Para baixar os juros, o ideal é negociar prazos e pesquisar com diversas instituições financeiras.

Além disso, é importante organizar as finanças antes de comprar um carro. Dessa forma, você saberá exatamente o valor que conseguirá arcar mensalmente na sua parcela, bem como o prazo que você pode se comprometer com o pagamento. Além disso, outro bom estudo é ver se usar aplicativos de mobilidade, como o Uber, sairão mais baratos para o seu bolso. Em alguns casos, isso já é realidade.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.