Federação denuncia surto de Covid-19 entre trabalhadores da Petrobras

De acordo com a Federação Única dos Petroleiros, ao menos duas plataformas registraram surtos entre trabalhadores nas últimas semanas

1

Trabalhadores da Petrobras estão convivendo com surtos internos de Covid-19. Quem está dizendo isso é a Federação Única dos Petroleiros (FUP). De acordo com a Federação, 28 trabalhadores de duas plataformas tiveram que desembarcar nos últimos dias.

Segundo os números da FUP, o primeiro surto foi na plataforma P-61, que fica no Campo de Papa-Terra. Por lá, 14 trabalhadores tiveram que desembarcar entre os dias 26 de dezembro e 1 de janeiro já deste ano.

Logo depois, ainda de acordo com a FUP, o mesmo aconteceu com outros 14 trabalhadores da plataforma P-35, que fica no Campo de Marlim. Esses desembarques aconteceram entre os dias 4 de janeiro e 6 de janeiro.

Ao todo nós estamos falando portanto de 28 trabalhadores. Eles desembarcaram porque esse é o procedimento da Petrobras para casos de suspeita de Covid-19. Eles precisam desembarcar para evitar um surto ainda maior dentro dessas plataformas.

Em nota, a Petrobras disse que está tomando todos os cuidados necessários de proteção aos trabalhadores desde o início da pandemia. Disse ainda que já realizou mais de 450 mil testes em seus trabalhadores. Seja como for, a estatal não explicou se haverá impacto nos trabalhos com o afastamento desses empregados.

Surto na Petrobras

A Covid-19 não é uma doença ocupacional. Assim, ela não é uma doença do trabalho. Ela até chegou a ser, mas o Ministério da Saúde voltou atrás em menos de 24 horas. Assim, o que vale agora é que a Covid não é uma doença do trabalho.

Isso não quer dizer, no entanto, que um trabalhador que contrai o coronavírus no trabalho não possa entrar na Justiça. A única diferença é que ele vai ter que provar que contraiu a Covid-19 no trabalho. A captação dessa prova é que costuma ser difícil.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] a categoria tem no país e também a insatisfação desse público com a política de preços da Petrobras e com o todo o sistema político em […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.