Ellen Jabour é alvo de críticas após reclamar de politização em shows; modelo se defende

A apresentadora comentou uma notícia no Twitter e deu o que falar nesta segunda-feira (18)

0

Ellen Jabour se tornou alvo de diversas críticas nas redes sociais, nesta segunda-feira (18), após reclamar da politização em shows. No Twitter, a modelo compartilhou uma matéria da Rolling Stone sobre a apresentação de Rage Against The Machine em Winsconsin, nos Estados Unidos.

Após briga com Anitta, Melody tem música removida de plataformas digitais

Na ocasião, alguns fãs reclamaram que a banda havia entrado para a ‘lacração’ e que eles seriam melhores quando deixavam a política de fora. Ellen também relembrou o show de Roger Waters em São Paulo em 2018, no qual o cantor exibiu no telão um #EleNão, provocando vaias de boa parte do público.

“Não gosto de shows que falam sobre política. Transformam um momento que era pra ser de unificação, em segregação. O clima fica péssimo pois as pessoas pensam diferente umas das outras e começam a se estranhar, e até mesmo a se agredir! Vivi isso no show do Roger Waters e foi uó”, relembrou a apresentadora, que já chegou a namorar Axl Rose da banda Guns N’ Roses.

Ellen se defendeu das críticas 

Nas redes sociais, os internautas começaram a zoar de Ellen, afirmando que Roger Waters é extremamente politizado e ela não poderia esperar menos do que isso em um show dele. Depois de toda essa confusão, ela se defendeu nas redes sociais: “Gente, vocês não entenderam! Não estava me referindo à letras de música sobre política mas quando a banda ou músico resolve fazer do show um momento de propaganda política. O Roger Waters por exemplo veio falar sobre a nossa política (Brasil) no show dele e criou o maior climão…”.

Por fim, a ex-apresentadora do MTV Brasil concordou com a seguinte exposição de um internauta: “Você foi clara e sintética porém uma parte das pessoas não quer entender Ellen. Um artista simplifica sua arte quando resolve fazer propaganda em sua apresentação. Condenar um lado, exaltar outro… A arte é gregária nunca tribalista! Entendedores entenderão”.

“Exatamente querido, obrigada”, concordou Ellen.

Veja também: Anitta teve conversa com Lula antes de declarar apoio

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.