Dólar passa dos R$5,00. Até onde vai a moeda?

0

Quem investe em dólares ou em ativos dolarizados teve uma segunda-feira (02) memorável. Isso porque a moeda americana subiu 2,63%, fechando o dia cotado a R$5,07 na compra e na venda. Essa é a maior cotação do dólar desde 17 de março, quando a moeda vinha em uma queda forte. Desde sua cotação mínima no ano, no dia 4 de abril, a moeda americana subiu 10,71%.

Com esse rápido movimento de alta, investidores começam a se perguntar até onde vai a moeda estrangeira. Apesar de não existir uma resposta correta para isso, especialistas dão seus palpites para os valores máximos da moeda americana nesse ano.

Dólar em alta: o que aconteceu?

O dólar iniciou o ano em um patamar bastante alto e, na época, especialistas se preocupavam com os rumos da moeda americana. Isso porque, então, a economia brasileira vinha em uma espiral de problemas, com diversas dificuldades. A principal delas era conter a inflação. Contudo, até agora esse cenário não mudou.

Porém, no meio do caminho aconteceu uma guerra. Quando a Rússia invadiu a Ucrânia, a economia mundial ficou bagunçada, o que foi bom para o Brasil no curto prazo. Com o conflito, o país começou a ganhar mais espaço na venda de commodities. Além disso, a alta da moeda, até então, fazia com que os produtos brasileiros ficassem muito baratos no mercado internacional. Com isso, as exportações brasileiras cresceram e, com isso, entraram muitos dólares na economia brasileira. Esse movimento levou à queda da moeda, mesmo que isso não representasse uma melhora na economia brasileira.

Mas agora o movimento parece ser outro. Com a inflação em alta nos Estados Unidos, o Banco Central americano, o FED, decidirá, nessa semana, por um aumento das taxas de juros. Com isso, os títulos americanos pagarão mais. O resultado é uma fuga de dólar do Brasil para outras economias, que faz o dólar subir.

dólar
Foto: Reprodução

Até onde vai o preço?

Com a alta do dólar, especialistas começam a se debruçar sobre os fundamentos das economias para entender até onde vai a moeda americana. E por mais que pareça um assunto isolado, a alta da moeda estrangeira afeta muito a sua vida aqui.

Com o dólar alto, produtos que vêm de fora do país ficam mais caros. Isso afeta a gasolina, o trigo, os artigos eletrônicos, roupas e muitos outros produtos. O resultado da alta do dólar é, quase sempre, um novo aumento na inflação. Se até agora o IPCA já está em 12%, a tendência é que fique ainda maior.

Segundo especialistas da Armor Capital, uma gestora de fundos, a moeda americana deve fechar o ano cotada a R$5,20. Diante da atual cotação, isso representa um aumento de 2,56%. Isso afetaria ainda mais a economia brasileira e impactaria muito mais o seu bolso. Por outro lado, o Boletim Focus, do Banco Central do Brasil, vê a moeda americana cotada a R$5,00 no fim do ano. De qualquer forma, a cotação deve seguir alta, até que o país consiga frear os problemas internos.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.