Deputado defensor de pautas anti-LGBTQIA+ é flagrado na cama com outro rapaz

O deputado apareceu na política como sendo defensor de ideias e princípios cristãos tradicionais e da importância da masculinidade

0

Um caso inusitado veio à tona nesta sexta-feira (06) nos Estados Unidos. Por lá, um deputado do Partido Republicano que defende pautas anti-LGBTQIA+ teve vazado um vídeo em que ele aparenta estar nu junto de outro homem em uma cama simulando atos sexuais.

O vídeo foi publicado pelo portal “American Muckrakers PAC” e traz Madison Cawthorn, que tem 26 anos, como o foco principal. O deputado é conhecido por ter passado grande parte de sua vida em uma comunidade batista conservadora na Carolina do Norte. Na carreira política, ele apareceu como defensor de ideias e princípios cristãos tradicionais e da importância da masculinidade.

Deputado disse que ato foi uma brincadeira

Após a divulgação, Madison Cawthorn disse que tudo não passava de brincadeira com um amigo. Segundo o parlamentar, o mais jovem eleito no país, ele está sendo vítima de chantagem e de uma campanha de difamação.

“Anos atrás, neste vídeo, eu estava sendo grosseiro com um amigo, tentando ser engraçado. Estávamos agindo como tolos e brincando. É isso”, postou ele no Twitter, completando que “a chantagem não vai ganhar”.

Madison Cawthorn está disputando as eleições com o intuito de se reeleger como parlamentar. O pleito acontece daqui a 11 dias, no dia 17 de maio. De acordo com as informações, ele enfrenta adversários do próprio partido para decidir quem irá ficar com uma vaga congresso americano.

O deputado apareceu na política como sendo defensor de ideias e princípios cristãos tradicionais e da importância da masculinidade.
O deputado apareceu na política como sendo defensor de ideias e princípios cristãos tradicionais e da importância da masculinidade. (Foto: reprodução)

Disparada contra colegas parlamentares

Em entrevista à TV americana “ABC”, o deputado, além de voltar a dizer que está sendo chantageado e que a divulgação tem como objetivo impactar em sua reputação, disparou contra colegas de partido. De acordo com o deputado, no mês de março, colegas republicanos o convidaram para orgias sexuais. Em outro momento, ele afirmou ter visto deputados usando drogas como cocaína.

Repercussão nas redes sociais

Nas redes sociais, o nome do deputado ficou entre os assuntos mais comentados. De acordo com o jornalista George Hahn, o que mais espanta na gravação não é o fato de o parlamentar ser sido flagrado com outro homem, mas sim “ser pego sendo um hipócrita”.

“Isso não é sobre Madison Cawthorn ser pego fazendo sexo com um homem. Isso é sobre Madison Cawthorn ser pego sendo um hipócrita e usando uma posição de poder para fazer a vida de pessoas (como eu, ironicamente) mais difícil”, disse o jornalista no Twitter. A publicação já tem mais de 40 mil curtidas.

Leia também: TSE diz que tentará trazer observadores europeus para acompanhar eleições de outubro

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.