Defesa Civil confirma mais 10 mortos por conta da chuva em MG

As fortes chuvas estão castigando Minas Gerais desde outubro, mas, nos últimos dias, a situação tem se agravado de forma exorbitante

0

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) revelou nesta terça-feira (11) que dez mortes foram registradas em Minas Gerais nas últimas 24h por conta das fortes chuvas que assolam a região. De acordo com a entidade, com esses óbitos, sobe para 19 o número de pessoas vítimas do período chuvoso, que começou em outubro de 2021.

Corpo de Bombeiros confirma 10 mortos em Capitólio

Segundo o órgão estadual, essas últimas mortes ocorreram nas cidades mineiras de São Gonçalo do Rio Abaixo, na Região Central, Ervália, na Zona da Mata, Dores de Guanhães e Caratinga, no Vale do Rio Doce, e Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Uma das vítimas foi uma menina de apenas 11 anos. De acordo com a Cedec, a garota, que vivia em São Gonçalo do Rio Abaixo, morreu no domingo (09) após o muro do quarto onde ela estava dormindo ter desabado.

Já em Caratinga, também no domingo, quem faleceu foram duas pessoas: um homem, de 41 anos, que foi a óbito depois que seu carro caiu em um córrego, e uma mulher, de 28, que foi atingida pela lama após um deslizamento de terra ter invadido a sua casa.

Na segunda-feira (10), em Ervália, quem perdeu a vida por conta das fortes chuvas foi um jovem de 20 anos, que, conforme a Cedec, também foi atingido por um deslizamento de terra – ele estava em um bar no momento da morte.

As fortes chuvas estão castigando Minas Gerais desde outubro, mas, nos últimos dias, a situação tem se agravado de forma exorbitante.
As fortes chuvas estão castigando Minas Gerais desde outubro, mas, nos últimos dias, a situação tem se agravado de forma exorbitante. (Foto: reprodução)

Por fim, o último relato é de uma família de cinco pessoas, que estava desaparecida desde sábado (08). Segundo as informações, os familiares, sendo duas crianças, de três e seis anos, tinham como destino o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, também na Grande BH.

No meio do trajeto, por conta da interdição da BR-040, que foi bloqueada devido ao transbordamento de um dique da Mina de Pau Branco, a família precisou pegar um desvio. No meio do caminho, as vítimas foram surpreendidas por um deslizamento e acabaram soterradas.

De acordo com a Sedec, o restante das mortes em Minas Gerais foram registradas nas seguintes cidades: Uberaba, Coronel Fabriciano, Nova Serrana, Engenheiro Caldas, Pescador, Montes Claros, Betim e Belo Horizonte.

Desabrigados e desalojados em Minas Gerais

Hoje, são 145 cidades de Minas Gerais em situação de emergência. Segundo a Defesa Civil, em dados atualizados também nesta terça, são 3.481 desabrigados e 13.756 desalojados em todo o estado.

Leia também: Médico postou há dez anos sobre risco em Capitólio; “Essa pedra vai cair”

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.