Como fortalecer a inteligência emocional de uma empresa

Em tempos de oscilações financeiras, saber fortalecer a inteligência emocional de uma empresa é fundamental.

0

Precisando de ajuda para manter a inteligência emocional da sua empresa estruturada? Um líder que consegue conservar a sua equipe estabilizada emocionalmente, conquista destaque. Afinal, além de motivação, ele consegue passar segurança para todos.

E para você que é líder, ter sintonia e sincronia entre os colaboradores faz toda a diferença. Não somente nos resultados empresariais, mas no clima organizacional também.

inteligência emocional

No entanto, em tempos de crise, manter a inteligência emocional de todos é algo de grande importância. Para isso, é imprescindível que a saúde mental do gestor esteja boa, equilibrada e positiva.

O que é inteligência emocional?

Antes de falar como você pode fazer para manter a inteligência emocional de uma empresa, é importante falar o que ela é de fato. Na década de 90, os psicólogos Peter Salovey e John D. Mayer definiram esse termo como sendo a capacidade do indivíduo de monitorar os sentimentos e as emoções dos outros e de discriminá-los, de forma a utilizar essa informação para guiar o próprio pensamento e as ações.

Portanto, inteligência emocional é saber compreender suas emoções, gerir e lidar com elas em busca de evolução e de um bom resultado. Mas também diz respeito à capacidade de analisar e entender aqueles que estão ao nosso redor.

Fazendo uma comparação, a inteligência racional mostra a capacidade de uma pessoa em resolver seus problemas lógicos e racionais. Enquanto a emocional vem para dizer sobre o entendimento e controle que um ser humano tem de suas emoções em relação ao que o rodeia.

Por que a inteligência emocional é tão importante no ambiente corporativo?

Separar a vida pessoal da profissional é um processo meio tênue. Porém, em muitas situações, é possível que uma pessoa não consiga. Afinal, passamos, em média, 8h por dia em nosso trabalho. Logo, se você já viu um ambiente corporativo onde o descontrole emocional imperava, sabe que são tempos difíceis e com horas incansáveis para se suportar. Além de ser um processo que mina a motivação de qualquer profissional.

Atualmente, os líderes estão mais engajados em proporcionar um melhor ambiente empresarial para os seus profissionais. Afinal, é preciso manter a inteligência emocional do time para que a produção seja eficiente e a empresa se torne um bom local de trabalho. Assim, a satisfação pessoal se eleva no meio corporativo.

Por isso, líderes com boa inteligência emocional conseguem perceber melhor o seu time e sabem quando algo não vai bem. Ainda, quando detectam o problema, prestam auxílio, de forma empática e mais humana. Mas isso não quer dizer que o gestor tem uma atitude paternalista, e sim que consegue compreender as necessidades de seus colaboradores e, ainda, promover uma relação mais amigável entre todos.

Como ter uma inteligência emocional?

Algumas atitudes são importantes para ter uma boa inteligência emocional no ambiente corporativo. Veja algumas dicas:

  • ser otimista;
  • tirar toda equipe da zona de conforto;
  • incentive a todos a sempre conversar;
  • tenha um clima agradável dentro da empresa;
  • as pausas são importantes para que todos tenham um momento de descanso, mesmo que seja para um cafezinho.

Profissionais saudáveis produzem mais e melhor. Em tempos de crise, o melhor é eliminar o vírus da negatividade.

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.