Como evitar micoses: conheça os principais tipos e sintomas

Veja agora os sintomas da micose e saiba como tratar

0

As micoses são infecções provocadas por fungos que afetam principalmente a pele, o couro cabeludo e as unhas do ser humano. Os fungos estão presentes em todas as pessoas, mas o crescimento das micoses está diretamente ligado a fatores como o enfraquecimento do sistema imunológico.  Confira aqui no Brasil 123, como evitar micoses.

Sintomas 

Em geral as micoses provocam vários sintomas e entre eles podemos citar, por exemplo:

  • A coceira;
  • A rachadura entre os dedos;
  • Manchas brancas ou avermelhadas na pele;
  • Alteração de coloração e forma da unha;
  • Descamação.

Causas 

O verão é a estação do ano em que ocorre a maior proliferação desses fungos. E uma das principais causas de transmissão são por meio do compartilhamento de objetos como, toalhas, roupas, alicates e tesouras de unhas entre outros. Bem como, a falta de higienização adequada desses objetos também. Assim, saiba os motivos:

  • O calor é um fator que favorece o aparecimento de fungos;
  • Ambientes úmidos;
  • Doenças como diabetes;
  • Uso prolongado de antibióticos;
  • Estresse;
  • Baixa imunidade.

Tratamento 

O tratamento envolve algumas situações comportamentais além do uso de medicamentos.

  • Mudança de comportamento e hábitos;
  • Aplicação de remédios antifúngicos que pode ser na forma de spray, pomada ou esmalte. Normalmente, a medicação é usada de 6 a 8 semanas. Mas dependendo da resistência do fungo, o tratamento pode ser prolongado por até mesmo 1 ano. Nesse caso, normalmente é necessária a administração de comprimidos que são tomados diariamente.

Prevenção

São várias as formas para evitar micoses:

  • Limpar e secar, principalmente as regiões de dobras do corpo;
  • Evitar andar descalço em pisos úmidos e públicos;
  • Bons cuidados com a higiene íntima, mantendo, dessa forma, o corpo limpo e seco;
  • Priorizar roupas de algodão;
  • Não usar roupas apertadas.
Principais tipos de micose e seus sintomas - Reprodução AdobeStock
Principais tipos de micose e seus sintomas – Reprodução AdobeStock

Tipos de Micoses

São vários os tipos de micoses em nosso organismo, mas vamos relacionar os mais frequentes a seguir:

Micose do couro cabeludo ou Tinea Capitis – É mais comum, no entanto, em crianças entre 2 e 10 anos de idade. Provoca, dessa forma, a descamação do no couro cabeludo e pode chegar a um quadro de alopecia.

Micose do corpo ou Tinea Corporis – É uma infecção que ataca principalmente, a pele do rosto, tronco e membros. Muitas vezes, o que causa esse tipo de micose é o contato com animais de estimação.

Candidíase ou Candida SP – pode alcançar a pele, principalmente na região genital.

Pano Branco ou Pitiríase – É causado pelo fungo Malassezia Furfur, um habitante natural da pele. Popularmente conhecida como “micose de praia”

Onicomicose – Atinge as unhas dos seres humanos e normalmente é diagnosticado pela própria pessoa atacada pelo fungo.

Pé de Atleta ou Frieira – É uma micose que se desenvolve entre os dedos dos pés, causando rachaduras. É, assim, uma das micoses mais comuns.

Sapinho ou Candida albicans – Muito comum em bebês, essa micose provoca placas brancas e de forma gelatinosa e podem ocorrer dores no local.

Ao perceber que algo não está funcionando bem, procure um especialista, principalmente quando os sinais forem visíveis. O médico especialista nesses casos é o dermatologista. Portanto, é ele quem faz o diagnóstico e conduz o tratamento das doenças das unhas, cabelos e pele.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.