Como escolher Fundos de Investimento corretamente?

Veja agora algumas dicas que te ajudarão na hora de escolher bons fundos de investimentos

0

Atualmente existem inúmeros fundos de investimento, os quais deixam os investidores em dúvida em relação a qual fundo investir seu dinheiro. Por isso que hoje, nós do Brasil 123, vamos indicar como escolher fundos de investimento corretamente.

Como escolher Fundos de Investimento corretamente?

Em seguida apresenta-se algumas sugestões de como escolher fundos de investimentos de forma acertada:

Conheça o seu perfil de investidor para definir a categoria de fundo de investimento

Seu perfil de investidor indicará qual é o fundo de investimento específico para você. Existem três tipos de fundos de investimentos que são:

  • Renda fixa: exige no mínimo 80% dos investimentos da carteira em títulos do governo ou privados, sendo recomendados por investidores conservadores
  • Fundo de ações ou renda variável: exige que a carteira de investimentos tenha no mínimo 67% dos ativos aplicados em ações e negociadas na Bolsa de Valores. São recomendados para investidores arrojados, sendo investimentos de longo prazo, e com possibilidade de maior rentabilidade.
  • Fundos multimercados: não possui exigência de porcentagem de ativos, são mais arriscados e recomendados para investidores com perfil moderado ou arrojado. Normalmente são fundos de investimento a longo prazo.

Tenha atenção às altas taxas cobradas pelas corretoras de investimentos

O trabalho do gestor e do administrador do fundo de investimento é remunerado a partir da taxa de administração, que é aplicado sobre o montante do valor aplicado durante o ano. É preciso, portanto, considerar se os dividendos recebidos compensam a cobrança da taxa de administração. Recomenda-se, então, que o investidor não tenha taxa de administração superior a 1,5% ao ano.

Outra taxa cobrada é a taxa de performance, que incide em 20% sobre o valor que superar o índice de referência estabelecido em assembleia com investidores.

Avalie o valor do aporte mínimo inicial

Você encontra fundos que exigem investimento inicial de até R$100,00, mas fundos que oferecem maiores retornos podem exigir valores iniciais maiores como R$500,00 ou R$1.000,00.
Muitas vezes recomenda-se que você guarde mais dinheiro antes de investir em fundos de investimento.

Faça a avaliação dos prazos e do valor mínimo para resgate

Os fundos de investimento possuem um prazo de carência, ou seja, um período em que não pode ocorrer o resgate do título. Então conheça este prazo antes de investir no ativo. Além disso, normalmente exigem um valor mínimo para resgate, que você deve cuidar também.

Seu perfil de investidor indicará qual é o fundo de investimento específico para você - Reprodução AdobeStock
Seu perfil de investidor indicará qual é o fundo de investimento específico para você – Reprodução AdobeStock

Tenha conhecimento da tributação do Imposto de Renda

Normalmente os fundos de investimento são realizados a longo prazo, e desse modo, possuem alíquota de tributação sobre os rendimentos da seguinte maneira:

  • 6 meses: 22,5%
  • 6 meses a 1 ano: 20%
  • Entre 1 no e 2 anos: 17,5%
  • Mais de 2 anos: 15%.

No caso dos fundos em ações, a alíquota é única independente do tempo de aplicação: 15%

Portanto, para escolher um fundo de investimento de forma correta, siga as nossas dicas e tenha maior lucratividade nestes ativos. Não esqueça de considerar o seu perfil de investidor para não se arrepender depois, pois existem muitos fundos de investimentos e de vários formatos.
Siga as nossas sugestões e tenha sucesso!!!

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.