César Kuratomi, marido de Helen Ganzarolli, é acusado de golpe; empresário promete pagar

O noivo de Flávia Pavanelli, Júnior Mendonza, é quem acusa o empresário

0

O empresário César Kuratomi, marido de Helen Ganzarolli, foi acusado no último sábado (21), de dar um golpe de R$1,5 milhão no noivo de Flávia Pavanelli, Júnior Mendonza. De acordo com Junior, César tinha lhe prometido a venda de Land Rover Vogue (modelo 2022) – que ainda nem foi lançada no Brasil.

Emilly Araújo exibe prints para esclarecer polêmica com Raissa Barbosa

Após supostas desculpas esfarrapadas, de acordo com matéria do Léo Dias, Junior entrou em contato com a montadora do carro e descobriu a farsa. Os dois assinaram um contrato e, depois de uma transferência que não ocorreu, Junior promete fazer um boletim de ocorrência contra César.

“Esperei até o limite do contrato, onde eu podia pedir meu dinheiro de volta e, pra minha surpresa, sem o carro porque ele não existe, e sem o dinheiro porque cada dia é uma desculpa. Ou seja, golpista! E vou fazer um B.O. contra ele”, concluiu o noivo da influencer.

Procurado por telefone, César prometeu quitar o débito na próxima segunda-feira (23/5) até as dez horas da manhã: “Essa venda foi entre amigos e aí acabou que realmente houve um atraso. Éramos amigos. Eu acho que, como eu disse a ele mesmo, ele estava bem chateado com a situação, que de fato ocorreu, mas que a gente já está resolvendo”.

César, inclusive, teria enviado a seguinte mensagem a Junior após a polêmica: “Quitado, quitado não tenho Júnior, mas nós fazemos com o valor pago por mim superior ao que é devido. E já estou te mandando também os juros de desgaste, antes que dê ’17’. Já deixamos marcado de nos encontrar na segunda-feira (23/5), às 10h, para ir ao banco e já efetuar o valor integral”.

Mãe de Junior não teria gostado da reconciliação do filho com Flávia

Flávia Pavanelli assumiu a reconciliação com o ex-noivo, Junior Mendonza, em março deste ano, mas já se meteu em uma confusão com a ex-namorada dele, a influencer Mariana Bergo. Tudo começou quando Mari refutou a afirmação de um fã que Flávia teria roubado o empresário dela: “Ninguém rouba algo que você não quer mais, amor. Água e óleo não se misturam. Que eles sejam muito felizes”.

Flávia rebateu as afirmações de Mariana que, por sua vez, deixou claro: “Odeio esse jeito de exposição, nunca falei nada disso, porque não gosto. Sou uma pessoa discreta, eu fui criada assim. Então isso não diz respeito a mim. Só peço que me deixem em paz com isso”.

A mãe de Junior, Aparecida Fernandez, fez questão de defender a ex-nora nas redes sociais. No stories do Instagram, ela respostou o vídeo de Mariana Bergo e a enalteceu: “Parem de expor a Mariana. O relacionamento acabou com muito respeito, os dois assim decidiram. A Mariana é um ser-humano incrível que eu aprendi a amar”.

“Uma menina pura, sem maldade no coração não merece isso. O tempo que convivemos com ela, ela foi querida com todos. A família da Mariana também não merece pois são discretos e não vivem de mídia. Respeitem esse momento do Junior, da Mariana e dos familiares”, finalizou a mãe do empresário.

 

Veja também: Emilly Araújo exibe prints para esclarecer polêmica com Raissa Barbosa

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.