Caminhão é encontrado com 50 pessoas mortas no Texas, EUA

Autoridades dos Estados Unidos acreditam que essas pessoas eram imigrantes ilegais e tentavam entrar no país por meio do caminhão

0

Uma ocorrência chocante foi registrada em San Antonio, no estado do Texas, nos Estados Unidos. Por lá, um caminhão foi encontrado com aproximadamente 50 pessoas mortas na segunda-feira (27). A informação foi divulgada pelo presidente do México, Manoel López Obrador.

De acordo com informações, bombeiros que trabalharam na operação encontraram outras 16 pessoas vivas no baú do veículo. Dentre essas pessoas, quatro eram crianças e, assim como os adultos, foram encaminhadas para hospitais da região.

Até o momento, não se sabe ainda como as pessoas morreram. Apesar disso, existe a informação de que há uma onda de calor na região do Texas. Na segunda-feira, por exemplo, foi registrada a temperatura de 39,4ºC, o que levanta a suspeita de que essas vítimas tenham morrido por conta do calor e falta de água – não havia água no espaço onde as pessoas estavam amontoadas.

Imigrantes

Conforme uma matéria do jornal americano “New York Times“, que revela que ainda não é possível confirmar as nacionalidades das vítimas e sobreviventes, autoridades dos Estados Unidos acreditam que essas pessoas eram imigrantes ilegais e tentavam entrar no país por meio do caminhão.

Autoridades dos Estados Unidos acreditam que essas pessoas eram imigrantes ilegais e tentavam entrar no país por meio do caminhão.
Autoridades dos Estados Unidos acreditam que essas pessoas eram imigrantes ilegais e tentavam entrar no país por meio do caminhão. (Foto: reprodução)

A notícia foi divulgada em um primeiro momento pelo presidente do México porque a cidade onde o caminhão foi encontrado fica próxima do país. Prova disso é que o veículo foi achado próximo a trilhos de trem na região de Southwest Side em San Antonio, que fica a cerca de 250 km da fronteira entre Estados Unidos e México.

Por conta da ocorrência, o ministro de Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, afirmou que o cônsul mexicano se dirigiu ao local na tentativa de tentar desvendar a nacionalidade das vítimas, que muito provavelmente partiram do México rumo aos Estados Unidos.

Pessoas presas

Até o momento, três pessoas foram presas, mas a relação deles com o caso ainda não foi revelada. O que se sabe, no entanto, é que, dentre os detidos, não está o motorista do caminhão. Isso porque, de acordo com as informações, o condutor abandonou o automóvel momentos antes das autoridades aparecerem.

Leia também: EUA batem recorde de prisões de imigrantes na fronteira com o México

5/5 - (1 vote)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.