Calendário do Auxílio Brasil: Veja a programação completa de pagamentos em 2022

Nova rodada do programa social tem início em apenas 2 dias

0

Está em busca do calendário do Auxílio Brasil? Aposto que está na expectativa para os pagamentos de junho, não é mesmo?

Para quem não está acompanhando, a nova rodada começa nesta sexta-feira (17). No entanto, ainda não foi divulgado o número do total de famílias contempladas pelo programa social neste mês.

De toda forma, o que já se tem conhecimento é sobre a programação dos créditos do Auxílio Brasil, e não apenas para junho, como para todo o ano de 2022.

Siga a leitura e confira tudo!

Calendário do Auxílio Brasil

O mecanismo dos repasses permanece o mesmo, ou seja, são escalonados pelo Número de Identificação Social (NIS) e começam no dia 17, para os beneficiários com NIS final 1. O último crédito da parcela de junho será aplicado pela Caixa Econômica Federal no dia 30, para os beneficiários com NIS de dígito final 0.

Vale destacar que no mesmo dia do crédito da parcela, o beneficiário já pode sacar o valor ou então movimentar digitalmente pelo aplicativo Caixa Tem.

  • NIS de final 1 – 17 de junho;
  • NIS de final 2 – 20 de junho;
  • NIS de final 3 – 21 de junho;
  • NIS de final 4 – 22 de junho;
  • NIS de final 5 – 23 de junho;
  • NIS de final 6 – 24 de junho;
  • NIS de final 7 – 27 de junho;
  • NIS de final 8 – 28 de junho;
  • NIS de final 9 – 29 de junho;
  • NIS de final 0 – 30 de junho.

Auxílio Brasil até dezembro

Consulte agora o cronograma com a programação completa do programa social até o final do ano.

Calendário Auxílio Brasil 2022
Imagem: Divulgação Ministério da Cidadania

Repasse mínimo de R$ 400

Além de ter acesso ao calendário do Auxílio Brasil, aqui você fica sabendo ainda que permanece garantido o valor mínimo de R$ 400 para todos as pessoas enquadradas no programa social.

A saber, esse piso para o programa social estava mantido apenas até dezembro de 2022, mas com a sanção da Lei nº 14.342, pelo presidente Jair Bolsonaro, os R$ 400 passam a ser o mínimo permanente do Auxílio Brasil.

Desse modo, nenhuma família enquadrada no programa social receberá menos do que R$ 400, mesmo a partir do calendário do Auxílio Brasil de 2023.

Veja ainda: Declaração Retificadora: Veja como corrigir erros no seu imposto de renda

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.