Bottas coloca ordem na casa no TL3 em Silverstone

0

Depois de sexta-feira atípica em Silverstone, com Racing Point e Red Bull liderando treinos para o GP da Inglaterra de Fórmula 1, e a Mercedes em performance mais tímida, a categoria voltou à pista no sábado para o TL3, o último antes do treino classificatório. E na liderança, ficou Valtteri Bottas.

Saindo do cockpit para comemorar a vitória Foto Twitter Bottas
Saindo do cockpit para comemorar a vitória / Foto; Twitter Bottas

Em ambos treinos ontem, os tempos foram mais altos em comparação a 2019. Pela manhã, foi de Max Verstappen, seguido por Lewis Hamilton e Lance Stroll. Enquanto isso, o canadense liderou o TL2 e foi o mais rápido da sexta, seguido por Alex Albon e Valtteri Bottas.

Mas o acidente de Albon no TL2, levou a longa bandeira vermelha na sessão, interrompendo o momento dedicado às simulações de classificação dos pilotos, podendo ter afetado o resultado do dia.

Na sessão livre do sábado, de menor duração, apenas 60 minutos, os carros não demoraram para ir à pista, com Norris e Grosjean abrindo os trabalhos. Mas demorou até uma volta rápida ser completada, com a maioria fazendo voltas de instalação.

Vettel foi o primeiro a quebrar a barreira após 10 minutos de sessão, marcando tempo de 01min29s562. Vale lembrar que o TL3 tinha uma importância ainda maior para o tetracampeão. Devido a problema no intercooler ele não participou do TL1 e o TL2 também foi afetado devido a uma troca nos pedais de freio.

Outros dois carros receberam novos componentes no final de semana: Hamilton teve novo MGU-K, sem punições, enquanto Kvyat mundo o câmbio, sendo punido com a perda de cinco posições no grid. Na Renault, uma troca ainda maior. Daniel Ricciardo recebeu chassi novo para o sábado, não foi punido.

Detalhes do TL3 liderado por Bottas

Não demorou para os pilotos começassem a fazer voltas na casa dos 01min28s. Com 15 minutos, Sainz liderava, seguido de Vettel, e Raikkonen em terceiro. Todos de pneus médios.

A Red Bull ainda trabalhava no carro de Alex Albon, podendo ser consequência da batida ocorrida na sexta. Depois surgiu a informação de que a equipe havia detectado problema elétrico no motor do tailandês.

Aos 30 minutos, a classificação mudou consideravelmente. Valtteri Bottas tomou a liderança de Hamilton com 01min26s526, seguido de Verstappen, Stroll e Hulkenberg, sendo os pilotos da Racing Point estavam separados por apenas cinco centésimos. Albon foi à pista com menos de 15 minutos para o fim do TL3, com tempo de 01min25s873.

Bottas não foi contestado e terminou a sessão na frente, com Hamilton em segundo. Verstappen, Stroll, Sainz, Leclerc, Norris, Ricciardo, Hulkenberg e Gasly fecharam o Top 10.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.