Bolsonaro diz que Lula vai transformar clubes de tiro em bibliotecas caso seja eleito

A intenção de Bolsonaro foi criticar Lula frente aos seus apoiadores que defendem a liberação da posse e do porte de armas de fogo

0

De acordo com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vai transformar clubes de tiro em bibliotecas caso seja eleito nas eleições de outubro.

A declaração de Bolsonaro foi feita durante sua tradicional live, que foi ao ar na noite de quinta-feira (30). Na ocasião, Bolsonaro celebrou a divulgação dos números que mostram o aumento na quantidade de lojas de armas de fogo e de clubes de tiro no Brasil levando em consideração 2019 para cá, ou seja, o período que o país está sendo governado por ele.

“Não se esqueçam que o outro cara, o de nove dedos, falou que vai acabar com a questão de armamento no Brasil. Vai recolher as armas, clube de tiro vai virar biblioteca, como se ele fosse algum exemplo para isso”, afirmou Bolsonaro em clara alusão a Lula.

A intenção de Bolsonaro, que disse que sob o seu governo, as lojas de armas cresceram em 72% e o15s clubes de tiro, em 91%, foi criticar Lula frente aos seus apoiadores que defendem a liberação da posse e do porte de armas de fogo.

Além disso, a fala do presidente é direcionada aos caçadores, atiradores esportivos e colecionadores, conhecidos pela sigla CAC. Isso porque, juntos, esses grupos integram grande parte da audiência da live semanal do presidente.

Fora dos canais de Bolsonaro, no entanto, o discurso pró armamento não é maioria. Isso porque, de acordo com dados do Datafolha, em um pesquisa divulgada em maio, 72% da população discorda da frase “a sociedade seria mais segura se as pessoas andassem armadas para se proteger da violência”.

Grande parte da aversão à política das armas vem das mulheres (78%), o que pode ser um dos motivos da forte rejeição do chefe o Executivo quanto ao público feminino. Hoje, segundo dados do mesmo Datafolha, apenas 21% das mulheres declaram voto em Bolsonaro. Enquanto isso, 49% afirmam que preferem Lula.

Leia também: Bolsonaro diz que PT não chegará tão cedo ao poder

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.