Bolsa Família terá o valor de R$ 300 de acordo com o presidente Jair Bolsonaro

Confira as últimas novidades do programa

0

Na segunda-feira (19) o presidente da República, Jair Bolsonaro, concedeu uma entrevista à TV Brasil e afirmou que o novo Bolsa Família terá o valor de R$ 300.

Bolsonaro explicou sobre o endividamento causado pelo auxílio emergencial e o motivo do valor não poder ser maior. O presidente falou sobre a chegada da pandemia em 2020, ocasião na qual foi implementado o auxílio emergencial com o pagamento de 5 parcelas de R$ 600 como forma de ajuda aos brasileiros.

Ele detalhou que cada parcela mensal paga do auxílio equivalia ao endividamento de quase 50 bilhões mensais para a União. Por isso, justificou que o valor pode ser pouco para quem recebe, mas é muito para a União e, portanto, é preciso ter essa responsabilidade fiscal.

Sobre o novo Bolsa Família, cercado de tanta expectativa, o presidente afirmou: “Pretendemos em novembro já ter um novo Bolsa Família. O valor será no mínimo de R$ 300. Hoje em dia a média do Bolsa Família equivale a R$ 192, vamos passar isso para R$ 300, um pouco mais de 50% de reajuste. E esse dinheiro veio de onde? Veio dos pagadores de impostos, e eu tenho que ter responsabilidade com esse dinheiro”.

No início de julho, um novo texto da reforma tributária foi enviado para análise no Congresso Nacional. O documento sugere utilizar a arrecadação proveniente da tributação incidente sobre os lucros e dividendos para financiar o novo Bolsa Família.

Bolsa Família terá o valor de R$ 300 de acordo com o presidente Jair Bolsonaro
Bolsa Família terá o valor de R$ 300 de acordo com o presidente Jair Bolsonaro

Especulações a respeito do valor do novo Bolsa Família

Já tivemos diversas informações divulgadas a respeito do novo valor do Bolsa Família, indicando que seria algo em torno do mesmo valor médio pago no auxílio emergencial, ou seja, R$ 250, ou ainda, já foi mencionado o valor de R$ 280.

Na entrevista desta semana, Bolsonaro citou o valor de R$ 300, e não é a primeira vez que o presidente fala sobre essa cifra. Isso porque em uma entrevista concedida em junho à SIC TV, afiliada da Record TV em Rondônia, Bolsonaro disse que o benefício seria em média de R$ 300.

Tal declaração abre margens para especulações, uma vez que foram utilizados termos diferentes, abordando o valor “em média de R$ 300” na primeira entrevista e “no mínimo de R$ 300” na entrevista desta segunda-feira (19).

Previsão da chegada do novo programa social

No início do mês, ao confirmar a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial, o presidente reforçou que o novo Bolsa Família começaria a ser pago em novembro.

Na ocasião, o ministro da Cidadania, João Roma, explicou que o programa federal seria fortalecido e ampliado para alcançar mais pessoas: “Já em novembro entraremos com um novo programa social do governo, fortalecido e ampliado, para que os brasileiros possam também avançar cada vez mais não só com o suporte do Estado brasileiro para essa situação de vulnerabilidade, mas que ele possa vencer e avançar na sua situação e na sua qualidade de vida”.

Novamente o prazo foi reafirmado pelo presidente Jair Bolsonaro na entrevista concedida à TV Brasil.

Veja também: Governadores do Nordeste aprovam auxílio no valor de R$ 500 para órfãos da pandemia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.