Bitcoin desaba 17% nessa segunda-feira. Entenda!

0

Depois de cair seis dias consecutivos, a segunda-feira se tornou um pesadelo para os investidores em criptomoedas. Isso porque o Bitcoin operou em queda de mais de 17% na manhã de hoje, 13, por conta de notícias vindo da Celsius Network, uma empresa que faz empréstimos e operações financeiras com criptomoedas.

Na noite de ontem, 12, a empresa notificou que interrompeu as negociações e os saques da plataforma. Com a notícia, diversas criptomoedas operam em baixa hoje, principalmente o Bitcoin. Com a queda, analistas afirmam que a queda está apenas começando.

O que aconteceu ontem?

A Celsius Network é uma das maiores empresas em questão de empréstimos e transações com criptomoedas. Além disso, as moedas digitais são utilizadas pela empresa como garantia de novos projetos descentralizados. Com a proibição de saques, investidores entraram em pânico, o que levou à venda do Bitcoin e das altcoins.

Com operações de até 17% de rendimentos anuais, a plataforma é bastante utilizada por empresas e fundos de pensão que querem ter retornos seguros no mercado financeiro. Contudo, a empresa encerrou as operações de retirada de valores para ter uma “posição melhor para honrar, ao longo do tempo, suas obrigações”, segundo nota da empresa.

Especialistas acreditam que a queda do bitcoin, que faz as empresas perderem valores, fez com que a empresa não pudesse honrar os pagamentos. Após a notícia, a Binance, maior corretora do mundo, também anunciou a suspensão da venda de Bitcoin. Investidores podem operar as outras criptomoedas normalmente. A corretora afirma que um pico de resgates interrompeu o funcionamento de alguns sistemas básicos da plataforma.

Com essa notícia, especialistas acreditam que a queda do Bitcoin está apenas começando. Isso porque através da análise gráfica, a moeda perdeu um poderoso suporte de preço de US$30 mil. Dessa forma, a incerteza pairou sobre o mercado financeiro, que deve piorar ainda mais.

O bitcoin é considerado seguro pois é protegido por meio da criptografia - Reprodução AdobeStock
Reprodução AdobeStock

Quando o Bitcoin vai voltar?

O Bitcoin é um investimento de altíssimo risco. Isso porque ele tem uma grande volatilidade e, por isso, pode perder valor muito rapidamente, assim como já ganhou muito valor em pouco tempo. Contudo, o atual momento da economia não ajuda a criptomoeda, que deve perder ainda mais valor de mercado no futuro.

Além disso, vale lembrar que o preço da moeda segue, de perto, as oscilações do índice Nasdaq, a bolsa de tecnologia americana. Por isso, a alta dos juros nos Estados Unidos, que prejudica a renda variável do mundo todo, também faz com que investidores vendam as criptomoedas. Por outro lado, a alta da inflação também afasta os investidores do Bitcoin.

Com isso, especialistas acreditam que apenas a recuperação econômica do mundo pode fazer o preço da moeda voltar aos patamares de 2021. Para isso, seria necessário o controle da inflação e a diminuição gradual das taxas de juros nas principais economias do mundo.

De qualquer forma, o ideal é investir até 5% dos seus investimentos em criptomoedas. Valores que excedam esse percentual devem ser repensados e realocados em ativos mais seguros.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.