Beneficiários do Auxílio Emergencial estão mais confiantes com 2021, diz Datafolha

De acordo com o Instituto de Pesquisas Datafolha, o grupo das pessoas que recebeu o Auxílio Emergencial está mais confiante com 2021

2

Quem recebeu alguma parcela do Auxílio Emergencial está, em geral, mais confiante com o ano de 2021. Dessa forma, a maioria dos beneficiários acredita que o próximo ano será melhor do que esse até aqui.

Pelo menos é isso o que aponta o instituto de pesquisas Datafolha. De acordo com o levantamento, esse grupo de pessoas é o que está mais confiante dentre todos os extratos da sociedade. Esse é um dado um tanto curioso neste momento.

É que esses beneficiários não terão mais esse Auxílio em 2021. De acordo com dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV) cerca de 48 milhões de informais ficarão completamente sem renda a partir de 2021. E o cenário da pandemia parece não melhorar neste momento.

Mesmo assim, esse grupo acredita que o próximo ano será melhor. Analistas acreditam que isso acontece por dois motivos. O primeiro é a vontade de trabalhar. Boa parte dessas pessoas acreditam que conseguirão um emprego e não dependerão mais dos auxílios do governo.

Além disso, há um movimento natural de esperança nesta época do ano. Isso porque dificilmente alguém acredita que o ano novo será ruim. Para se ter uma ideia, a taxa geral de confiança com 2021 é de 68%. Esse número inclui todos os grupos e não só os beneficiários do Auxílio Emergencial.

Feliz 2021

O fato mesmo é que 2021 vai ser um ano de muitos desafios para o Governo Federal. É que não teremos mais o período de calamidade pública nem a possibilidade de uso do Orçamento de Guerra. Dessa forma, o governo não vai poder gastar muito.

Uma possibilidade para resolver essa situação seria esticar esse período de calamidade. Mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, já adiantou que não vai colocar essa questão em pauta. Até aqui, essas são as informações mais recentes sobre o assunto.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

2 Comentários
  1. Claudionice Maciel de Góis Diz

    Eu posso receber

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.