Auxílio de R$ 3 mil começa a ser pago; saiba como receber

Beneficiários precisam estar inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) e com os dados atualizados; valor será disponibilizado em parcela única

0

As famílias de baixa renda do Rio de Janeiro começaram a receber o auxílio de R$ 3 mil, disponibilizado pelo Governo do Estado. A saber, a entrega da primeira remessa dos cartões do novo auxílio teve início no sábado (14). Com isso, pouco mais de mil famílias tiveram acesso ao benefício.

Em resumo, o Governo do Estado publicou um decreto na terça-feira (3) sobre a regulamentação do auxílio para as vítimas das fortes chuvas no Rio de Janeiro. Aliás, a ação faz parte do Programa Recomeçar, que visa ajudar as famílias de baixa renda do estado afetadas por enchentes, deslizamentos, desabamentos e incêndios.

Saiba quem tem direito ao valor de R$ 3 mil

Embora o valor seja muito importante para as famílias das regiões atingidas, há requisitos para conseguir o valor. Veja abaixo as regras de concessão do benefício:

  • Morar em municípios onde houve a decretação da situação de calamidade pela Defesa Civil;
  • Residir em imóveis diretamente atingidos pelas fortes chuvas no estado;
  • Possuir renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa ou renda total de até três salários mínimos;
  • Estar inscrito e com os dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico).

Famílias não poderão sacar dinheiro em espécie

A saber, as famílias não poderão sacar o dinheiro em espécie. Na verdade, as famílias só podem usar o cartão em lojas que realizem a venda de itens previstos no programa. Em suma, o auxílio tem o objetivo de permitir que as famílias comprem material para construção das casas atingidas pelas chuvas.

“Estamos ajudando a reconstruir vidas e histórias de famílias que perderam tudo durante os temporais deste ano. Com o Recomeçar, os cidadãos podem comprar novos móveis e eletrodomésticos, além de materiais de construção. Estamos investindo em ações que garantam os direitos básicos dos cidadãos fluminenses”, disse o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

Por fim, o auxílio de R$ 3 mil às famílias de baixa renda tem recursos oriundo do Fundo Estadual de Habitação de Interesse Social.

Leia Também: Mais de 3,4 milhões de brasileiros procuram emprego há mais de dois anos

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.