Auxílio Brasil chega em junho com AUMENTO para alguns; entenda

Acompanhe as atualizações da nova rodada de pagamentos do Auxílio Brasil

0

Como já veiculado aqui no Brasil 123, está confirmada uma nova rodada de pagamentos do Programa Auxílio Brasil. A saber, os créditos terão início a partir do dia 17 de junho, e a novidade é que neste mês temos o retorno do pagamento do Auxílio Gás.

Desse modo, alguns beneficiários terão aumento no valor do benefício quando da execução do calendário. Veja mais detalhes.

Auxílio Brasil chega em junho com AUMENTO para alguns; entenda
Imagem: Montagem Brasil 123

Por que o aumento do Auxílio Brasil é apenas para alguns?

Antes de tudo, é preciso explicar que são dois benefícios separados. O Auxílio Brasil segue com o valor mínimo de R$ 400 garantido para todos os que estão enquadrados no programa social.

O aumento do valor final do beneficiário virá por conta do retorno do Auxílio Gás, que é um benefício repassado a cada 2 meses. No entanto, não são todas as famílias do Auxílio Brasil que recebem também o Auxílio Gás, e por isso foi mencionado no artigo que o aumento é apenas para alguns brasileiros.

Caixa Tem: Veja como conseguir o empréstimo de até R$ 1.000

Calendário dos benefícios

O escalonamento é feito de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS), e o mesmo cronograma é utilizado tanto para o Auxílio Brasil como para o Auxílio Gás.

  • NIS de final 1 – 17 de junho;
  • NIS de final 2 – 20 de junho;
  • NIS de final 3 – 21 de junho;
  • NIS de final 4 – 22 de junho;
  • NIS de final 5 – 23 de junho;
  • NIS de final 6 – 24 de junho;
  • NIS de final 7 – 27 de junho;
  • NIS de final 8 – 28 de junho;
  • NIS de final 9 – 29 de junho;
  • NIS de final 0 – 30 de junho.

Auxílio Gás

Como mencionado, nem todos que estão no Auxílio Brasil recebem também o benefício que ajuda na compra do gás de cozinha.

Em abril, foram cerca de 5,39 milhões de famílias que receberam o repasse no valor de R$ 51.

Em geral, são famílias inscritas no Cadastro Único, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional. Além disso, recebem o valor as famílias que tenham entre os seus membros, residentes no mesmo domicílio, quem receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Ainda mais, a lei determina que o Auxílio Gás será concedido “preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência”.

A seleção é feita pelo Ministério da Cidadania, de acordo com os critérios do programa e o Orçamento disponível. A pasta alega que até 2023 todos os beneficiários do Auxílio Brasil também serão contemplados com o Auxílio Gás.

Leia também: Conta de energia em junho segue com bandeira verde; veja o que acontece

2.3/5 - (3 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.