Auxílio Brasil, Caixa Tem e mais! Confira os destaques da semana

Confira os principais destaques da semana

0

Diante das inúmeras informações que são lançadas todos os dias a respeito do Auxílio Brasil e outros benefícios, pode ser difícil acompanhar e ficar por dentro de todos os acontecimentos. Sendo assim, este artigo traz um resumo das principais notícias da semana para que você fique atualizado.

É o Brasil 123 levando sempre informações relevantes para você!

Pagamentos do Auxílio Brasil

Nessa semana tivemos os seguintes repasses para os beneficiários do programa social:

  • NIS de final 2 – 18 de abril;
  • NIS de final 3 – 19 de abril;
  • NIS de final 4 – 20 de abril;
  • NIS de final 5 – 22 de abril.

Caixa Tem libera empréstimo do SIM Digital

Na terça-feira (19), a Caixa Econômica Federal fez uma apresentação em seus canais das redes sociais, conduzida pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, com informações sobre o Caixa Tem e a nova modalidade de empréstimo disponível.

O Empréstimo SIM Digital – Crédito CAIXA Tem para clientes pessoa física disponibiliza de R$ 300 a R$ 1.000, variando de acordo com a avaliação de crédito que define a capacidade de pagamento.

Com taxa de juros a partir de 1,95% ao mês e parcelamento em até 24 meses, o empréstimo pode ser contratado pelo aplicativo CAIXA Tem, sem necessidade de ir ao banco.

Já para pessoa jurídica, o pedido de empréstimo é feito diretamente nas agências da CAIXA, com possibilidade de contratação de R$ 1.500 a R$ 3.000, com parcelamento de 18 até 24 meses e taxa de juros a partir de 1,99% ao mês.

Vale destacar que o microempreendedor deve ter mais de 12 meses de faturamento como MEI (faturamento anual de até R$ 81 mil).

Além disso, a novidade da modalidade é a permissão e concessão do empréstimo para pessoas negativadas.

Na apresentação, Pedro Guimarães destaca que entre os mais de 600 mil cidadãos contemplados até o momento, 83% dos créditos pelo Caixa Tem foram para aqueles que estão negativados.

Saque Extraordinário do FGTS liberado para trabalhadores nascidos em janeiro

A Caixa Econômica iniciou na quarta-feira (20), a ação de pagamento do Saque Extraordinário do FGTS.

A saber, os primeiros que receberam os recursos na Conta Poupança Social Digital foram os trabalhadores nascidos em janeiro, que já podem movimentar o saldo pelo aplicativo CAIXA Tem.

Nesta primeira etapa, cerca de 3,9 milhões de pessoas recebem aproximadamente R$ 2,7 bilhões. E durante todo o calendário, serão liberados cerca de R$ 30 bilhões para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores com direito ao saque.

Vale destacar que o Saque Extraordinário do FGTS, instituído pela Medida Provisória nº 1.105/22, ocorrerá uma única vez e o valor do saque é de até R$ 1.000, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas.

Lotes de restituição do imposto de renda

A Receita Federal divulgou as datas de pagamento dos lotes de restituição do imposto de renda 2022:

  • 31 de maio
  • 30 de junho
  • 30 de julho
  • 31 de agosto
  • 30 de setembro

Vale lembrar que o prazo máximo para envio da declaração do IRPF 2022 é dia 31 de maio.

O que pode bloquear o Auxílio Brasil?

O principal motivo que leva ao bloqueio do pagamento do Auxílio Brasil é o cadastro desatualizado da família no Cadastro Único. Assim, é preciso não passar mais de 2 anos sem realizar a atualização dos dados. Contudo, se houver alguma mudança na estrutura familiar antes deste prazo, a atualização deve ser feita de imediato para evitar a perda do benefício.

Ainda mais, outro fator que pode provocar o bloqueio do Auxílio Brasil é deixar de atender os requisitos e condicionalidades do programa.

O auxílio é pago para as famílias em situação de extrema pobreza e famílias em situação de pobreza. Estas podem receber, desde que tenham, entre seus membros, gestantes ou pessoas com menos de 21 anos.

E as seguintes condicionalidades devem ser atendidas:

  • Frequência escolar mínima de 65% para crianças de 4 e 5 anos de idade;
  • Frequência escolar mínima de 75% para os beneficiários de 6 a 15 anos de idade; de 16 a 21 anos de idade incompletos;
  • Observância do calendário nacional de vacinação instituído pelo Ministério da Saúde e acompanhamento do estado nutricional dos beneficiários que tenham até 7 anos de idade incompletos;
  • Pré-natal para as beneficiárias gestantes.
4.5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.