AUMENTA o número de beneficiários do Auxílio Brasil; Sudeste cresce 28,45%

Confira as informações sobre a ampliação do programa social

0

No próximo dia 18, o Governo Federal inicia o pagamento do Auxílio Brasil. O ano de 2022 vem com uma novidade para o programa social: a inclusão de mais de 3 milhões de pessoas, que já estão confirmadas para essa folha de pagamento que se aproxima.

Com isso, o Auxílio Brasil chegará ao número de 17,56 milhões de famílias atendidas.

Quem são esses brasileiros que foram inseridos no programa? De acordo com o Ministério da Cidadania, mais precisamente, são 3,06 milhões de pessoas com solicitação e elegíveis a entrarem no programa em dezembro de 2021.

Para honrar todos os repasses deste mês, o investimento total para os pagamentos supera os R$ 7,1 bilhões.

Diante da ampliação, podemos destacar que o Sudeste teve um crescimento de 28,45% no número de beneficiários atendidos. Passou de 3,94 milhões para 5,07 milhões de cidadãos.

AUMENTA o número de beneficiários do Auxílio Brasil; Sudeste cresce 28,45%
AUMENTA o número de beneficiários do Auxílio Brasil; Sudeste cresce 28,45% – Imagem: Jovem Pan News

Novos beneficiários do Auxílio Brasil

A saber, a região Sudeste é a que teve o maior crescimento percentual na quantidade de pessoas atendidas pelo programa em relação a dezembro de 2021. Neste período, 1,12 milhão de famílias do Sudeste entraram na folha de pagamento do Auxílio Brasil.

Agora, a região tem participação de 28,87% no total de contemplados, a segunda maior, atrás apenas do Nordeste. No recorte de 3,06 milhões de novas concessões, o Sudeste corresponde por 36,59% do total.

Ainda mais, São Paulo foi o estado com o maior número de novas concessões em janeiro. São 482,21 mil famílias em condição de vulnerabilidade que passaram a integrar o Auxílio Brasil, totalizando 2,14 milhões de pessoas.

Em seguida vem o Rio de Janeiro, com 314,86 mil novos contemplados, chegando a 1,28 milhão de beneficiários, e Minas Gerais, com mais 268,1 mil pessoas na folha de pagamento, chegando a um total de 1,38 milhão de famílias.

No Espírito Santo, o acréscimo foi de 57.877 famílias entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022. Com isso, o número de famílias contempladas no estado saltou de 201.526 para 259.403, um aumento de 28,7%.

Programa Social

Vale lembrar que o repasse mínimo por família, oficial e garantido, será de R$ 400.

O Ministro da Cidadania, João Roma, reforça que o Auxílio Brasil amplia a oferta do atendimento em creches, além de estimular o desenvolvimento esportivo e científico, ao criar categorias de repasses para adolescentes que se destacam em competições esportivas e científicas, além de incentivar a inclusão produtiva e o empreendedorismo na população adulta.

“O Auxílio Brasil é uma revolução nas políticas públicas de transferência de renda. Ao mesmo tempo em que garante uma teia de proteção social para famílias em condição de vulnerabilidade, cria trilhas de emancipação e independência para que elas conquistem maior qualidade de vida”, afirma o ministro.

Cartão do Auxílio Brasil

Quando ingressam no programa, as famílias recebem pelos Correios, no endereço informado durante o cadastramento, duas cartas encaminhadas pela Caixa Econômica: a primeira com orientações gerais sobre o Auxílio Brasil e a segunda com o cartão para movimentação bancária do benefício.

O cartão é gerado automaticamente para todas as famílias que ingressam no Auxílio Brasil, em nome do Responsável Familiar. Com ele, a pessoa pode fazer saques parciais ou no valor integral do benefício. Além disso, pelo aplicativo Caixa Tem, o beneficiário pode pagar contas, realizar transferências, entre outros serviços.

Com informações da Diretoria de Comunicação do Ministério da Cidadania

Leia ainda: Caixa Tem: Liberado no aplicativo o valor de até R$ 3.000

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.