Atlético Mineiro atropela o Ceará e amplia vantagem na liderança do Brasileirão

Galo agora foi a 53 pontos, 14 a mais do que Palmeiras, Flamengo e Fortaleza

0

O Atlético Mineiro fez 3 a 1 no Ceará na tarde deste sábado (9), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o Galo, comandado pelo técnico Cuca, foi a 53 pontos e, por enquanto, tem 14 pontos de vantagem sobre Palmeiras e Flamengo.

Enquanto isso, o Vozão, sob comando do treinador Tiago Nunes, segue em 13º lugar, com 29 pontos.

Agora, na próxima rodada, o Atlético volta a jogar na quarta-feira (13), quando recebe o Santos, a partir das 19h, novamente no Mineirão.

Por sua vez, o Ceará volta a campo na quinta-feira (14), quando visita o São Paulo, no estádio do Morumbi, a partir das 19h.

O jogo

O Atlético Mineiro começou melhor, criando as primeiras chances e tentando sufocar o Ceará.

Aos 9min, Keno tentou fazer um cruzamento para a área, da esquerda, e a bola passou por todo mundo, indo pela linha de fundo, com perigo.

Depois, aos 16min, o árbitro marcou pênalti para o Atlético Mineiro, em toque do goleiro Richard em Zaracho. Porém, com auxílio do VAR, o árbitro voltou atrás.

Mas o Atlético seguia pressionando e rodando a bola no campo de ataque, mas sem conseguir levar real perigo ao gol.

E, aos 30min, o Ceará ainda teve a grande chance do jogo, quando o goleiro Everson fez uma defesa espetacular, à queima-roupa em finalização de Vina.

No entanto, na sequência, aos 31min, Hulk pegou a defesa do Ceará aberta, arrancou pela direita, avançou e mandou no canto esquerdo: 1 a 0.

Animado, o Galo quase ampliou aos 39min, com Dodô, que mandou um chute cruzado, rasteiro, passando à esquerda do gol.

Mas o Ceará também começou a ir para cima e, aos 48min, Lima cruzou para a área, mas Cléber cabeceou por cima.

Antes do intervalo, com auxílio do VAR, o árbitro marcou pênalti sobre Jair. Hulk foi para a cobrança e fez o segundo dele e do Galo: 2 a 0.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Ceará voltou mais ofensivo, pois não tinha outra alternativa. E, aos 6min, com Bruno Pacheco, teve a primeira boa chance, com grande defesa de Everson.

Mas o Galo encontrava espaços e, aos 12min, Dylan Borrero mandou por cima do gol, encobrindo o goleiro e quase fazendo um golaço.

Em seguida, aos 14min, Everson fez uma defesa espetacular em finalização de Vina.

Depois, aos 30min, Hulk sentiu uma fisgada na parte de trás da coxa e foi substituído por Sasha, assustando o torcedor.

E, aos 41min, após bela jogada de Nacho Fernández pela esquerda, Diego Costa completou livre, na pequena área: 3 a 0.

No final, o Ceará ainda descontou com Gabriel Lacerda, em gol confirmado pelo VAR.

Leia também: Athletico Paranaense tenta manter o embalo contra o Bahia que estreia técnico; veja onde assistir

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.