Antonia Fontenelle detona Batoré: “Não passava de um covarde”

A atriz de 48 anos chocou os internautas ao falar sobre o comediante falecido

1

Antonia Fontenelle causou polêmica, na noite da última segunda-feira (10), ao falar sobre o comediante Batoré, que faleceu aos 61 anos de idade. No stories do Instagram, a Youtuber o chamou de “covarde” e garantiu que, não é porque ele morreu que “virou santo”.

Marina Ruy Barbosa desabafa sobre carreira: “Abri mão de muitas coisas”

“Hoje morreu um cearense, que todos chamam de humorista, e que pra mim ele não passava de um cara covarde, machista e que me apontou, me julgou, foi cruel, foi covarde comigo, sem nunca ter me visto na vida, sem nunca eu ter feito nada com ele, o tal do Batoré”, começou a viúva de Marcos Paulo, bastante nervosa.

Por fim, ela apontou que o comediante não era “flor que se cheire”: “Agora um monte de gente: coitadinho, Batoré morreu! Coitadinho o c*, não é porque ele morreu, que ele passou a ser santo e vai morar com Deus”.

A rixa entre Antonia e Batoré é antiga: em 2019, ela chegou a processá-lo após Batoré chamá-la de “rapariga”. Na ocasião, a briga começou porque Antonia fez críticas ao estado de Alagoas, taxando o local como “perigoso” e “violento”.

Batoré ficou furioso com o processo de Fontenelle

Em entrevista para o ‘Melhor da Tarde’, da Band, em março de 2021, o comediante abriu o jogo sobre o processo de Fontenelle. A atriz pedia uma indenização de R$110 mil por ser chamada de ‘rapariga’ e Batoré seguia a afirmar que fez apenas uma crítica.

“No Nordeste, safado é safado, político corrupto é político corrupto, político decente é político decente e rapariga é rapariga. Não é como São Paulo e Rio de Janeiro que qualquer rapariga faz um blog e sai dando uma de jornalista. Foi isso que eu falei. E rapariga em Portugal é moça”, garantiu Ivanildo.

De acordo com o humorista, a briga foi “chumbo trocado”: “Ela não tem esse direito. Eu me senti extremamente ofendido e eu saí em defesa e sairia novamente. Agora ela pedir R$ 110 mil eu acho que é melhor ela trabalhar, porque eu não vou ter isso e ela não merece isso”.

Ele ainda declarou que Antonia não teria espaço na mídia se não fosse viúva do diretor Marcos Paulo: “Mas ela não seria ninguém hoje se o Marcos Paulo estivesse vivo. Ela não seria ninguém hoje”.

 

Veja também: Samara Felippo é diagnosticada com Covid-19 e adia estreia de peça

5/5 - (1 vote)

Está "bombando" na Internet:

1 comentário
  1. Alison Machado de Medeiros Diz

    Essa viúva do Marcos Paulo a Fontenelle nao tem um Pingo de respeito com a Memória do Batoré uma pessoa de direita como ela falando essas coisas se eu fosse a Família dele metia um Processo bem Legal nela pra largar a mao de ser besta ..e outra coisa Morto nao tem como se Defender

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.