Xbox poderia recuperar US$ 7,5 bilhões da compra da Bethesda sem colocar jogos no PlayStation

0

Uma das grandes questões que surgiram logo após a aquisição da Bethesda pela Microsoft foi se os futuros jogos do estúdio seriam lançados nas plataformas PlayStation.

Manter o Fallout 5 ou The Elder Scrolls 6 fora dos consoles Sony significaria muitas vendas de jogos perdidos, mas também poderia ter um grande impacto nos planos maiores da Microsoft.

Se você adora os RPGs do mundo aberto de Bethesda, e eles só estão disponíveis no Xbox, provavelmente será um fator quando chegar a hora de decidir onde gastar seu dinheiro.

 

Vamos recuperar

Em uma entrevista com o site Kotaku, o chefe do Xbox Phil Spencer não disse que a Microsoft faria futuros jogos Bethesda exclusivos do Xbox, mas ele enfatizou ser uma possibilidade.

Quando perguntado se a empresa seria capaz de recuperar os US$ 7,5 bilhões que gastou na aquisição sem vender Elder Scrolls 6 em consoles PlayStation, Spencer disse sem rodeios: “Sim”.

“Eu não quero fugir desse assunto”, continuou ele.

“Este negócio não foi feito para tirar jogos de outra base de jogadores como esse. Em nenhuma parte da documentação que reunimos estava: ‘Como evitar que outros jogadores joguem estes jogos?’ Queremos que mais pessoas possam jogar, não que menos pessoas possam jogar”.

 

Confiança é tudo

“Mas também vou dizer no modelo – estou apenas respondendo diretamente a pergunta que você fez – quando penso onde as pessoas vão jogar e o número de dispositivos que tínhamos, e temos xCloud e PC e Game Pass e nossa base de console, não preciso enviar esses jogos a nenhuma outra plataforma além das plataformas que suportamos para que o negócio funcione para nós”.

“O que quer que isso signifique”, concluiu.

Spencer já disse anteriormente que a Microsoft honrará os acordos existentes para lançamentos do PS5, mas, além disso, determinará quais jogos deverão ser levados a qual hardware, caso a caso.

E como Kotaku apontou, não precisa ser nem mesmo uma proposta de tudo ou nada.

A Microsoft poderia, por exemplo, lançar The Elder Scrolls 6 (ou qualquer outro) como um jogo a preço de varejo completo na PlayStation e, ao mesmo tempo, disponibilizá-lo no Xbox Game Pass, e isso ainda seria uma ótima alavancagem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.