WhatsApp deve ser integrado ao Facebook Messenger; saiba como será

1

Não é somente o Facebook Messenger e o Instagram que deverão se tornar integrados. Recentemente, os desenvolvedores informaram que ambas as redes sociais, na próxima atualização, deveriam conter os mesmos chats e isso iria facilitar para que os usuários conseguissem concentrar todas as mensagens em um único espaço. A ideia agradou a muitos.

Contudo, segundo a plataforma Beta Info, que são os principais responsáveis pelas atualizações em primeira mão do app, argumentam que o mesmo deve ocorrer com o Whatsapp. Ainda não há muitas informações sobre os testes e quando deve ocorrer. 

Hoje (19), também houve a liberação de que o Facebook estaria planejando adicionar o Spotify com podcasts na rede social. Esse intuito ocorreu após redes sociais sobre músicas terem aumento de 10 milhões de usuários semanais.

O Youtube também ganhou mais destaque após lançar o plano Premium e permitir que os usuários conseguissem fechar a tela do celular sem que o som ou música parasse. O plano premium depende da quantidade de usuários para que o valor seja determinado.

Posso escolher atualizar o Facebook Messenger?

O site destacou que ainda é possível não atualizar. Dessa forma, o usuário que for contra a atualização, pode optar. Isso porque muitas pessoas preferem deixar as mensagens separadas, sem que haja a centralização de todas elas. Quando a atualização estiver disponível, todos poderão ser notificados dentro do app ou até mesmo na Play Store.

O Instagram também acompanha essa série de metamorfoses criadas pelos desenvolvedores. A rede social teve aumento de forma considerável e promete, dentro de alguns anos, passar o Facebook. 

Muitas empresas já viram na plataforma uma maneira de fazer marketing e divulgar a marca.  Agora, será necessário aguardar para descobrir mais informações sobre o caso, já que poucas informações foram liberadas até o momento. 

 Leia mais:

Leia Também:

1 comentário
  1. […] WhatsApp deve ser integrado o Facebook Messenger; saiba como será […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.