Warner Bros Discovery+: Entenda o que aconteceu com a empresa

0

Uma hora, a conta chega. Devido aos últimos acontecimentos durante a semana, mais uma novidade chega aos fãs da Warner e, dessa vez, envolvendo o nome da plataforma HBO MAX. 

Acontece que, na última quinta-feira(04), durante uma apresentação a acionistas, o CEO da empresa, David Zaslav, anunciou inúmeras mudanças que vão ocorrer em um futuro próximo. Separamos os momentos mais importantes para você entender o que anda acontecendo. Confira!

Cancelamento de Batgirl

Tudo começou na tarde da última terça-feira (02), quando a Warner anunciou o engavetamento de uma produção altamente esperada pelos fãs: “Batgirl”.

Após ter finalizado as filmagens e estar na fase de pós-produção, o filme foi engavetado pelo estúdio. O título chegaria ainda este ano na plataforma da HBO Max e havia rumores de uma continuação da produção antes mesmo do lançamento. 

Ao que tudo indicava, o cancelamento se deu após o novo diretor decidir mudar o andamento da empresa, cortando os custos de filmes produzidos apenas para plataforma de streaming, com o intuito de realizar grandes produções para cinemas. 

A aflição dos fãs

Com o cancelamento de “Batgirl”, o medo de perder o lançamento de produções como “Besouro Azul”, “Adão Negro”, “Shazam! Fúria dos Deuses” e “The Flash” tomou conta dos fãs do DCEU (universo estendido da DC) pelas redes sociais. 

Durante a apresentação para acionistas concedida na última quinta-feira (04), Zaslav tentou tranquilizar as pessoas que estavam esperando pelo lançamento dos filmes, garantindo que havia um plano para o futuro deles.

O CEO garantiu que haveria uma equipe focada apenas no universo DC, cuidando para que nos próximos 10 anos o universo se expanda e dele saia grandes filmes. 

David chegou a comparar o universo DC com o da Marvel, que muitos acreditam ser um grande desejo dele: as suas produções fazerem tanto sucesso quanto as da Marvel Studio. 

“Batgirl”: Leslie Grace e diretores se pronunciam sobre o cancelamento da produção, confira!

Fusão de empresas

A empresa AT&T oficializou a aquisição e anunciou a fusão entre a WarnerMedia com a Discovery, unindo a HBO, HBO Max, CNN, Warner Bros., DC Films, New Line Cinema e Cartoon Network ao Discovery Channel, Food Network, TLC, Animal Planet e Oprah Winfrey Network.

O acordo entre as duas empresas movimentou o montante de US$43 bilhões, e aconteceu cinco anos após WarnerMedia concordar em adquirir a Time Warner por US$ 85,4 bilhões.

A união entre as duas empresas tinha um único objetivo: manter apenas uma plataforma de streaming, visto que, na época, já existia a HBO MAX (que reúne todos os títulos produzidos pela Warner) e a Discovery+, mas nenhum anúncio tinha sido feito até então. 

Remoção de títulos da HBO MAX

De acordo com o portal Variety, a Warner Bros. Discovery removeu da plataforma da HBO Max, sem nenhum anúncio prévio, nas últimas semanas, seis filmes de seu catálogo. As produções eram intituladas como “Max Original”.

“Superinteligência”, “Convenção das Bruxas”(apenas o remake de 2020), “Um Pepino Americano”, “Confinamento”, “Charm City Kings” e “Nossos Sonhos de Marte”foram os filmes deletados do streaming, sendo o último o de estreia mais recente, com apenas 3 meses de publicação. 

Ainda segundo o portal, a remoção da HBO Max dos filmes da Warner Bros. pode ser parte do movimento da Warner Bros. Discovery para obrigar o pagamento de conteúdos de streaming para títulos de baixo desempenho.

Novo streaming em 2023

Tornando o assunto ainda mais polêmico, David Zaslav anunciou durante a conferência com os acionistas o que todos já estavam esperando: HBO Max irá se unir com a Discovery+ para formar um único streaming. 

Uma linha do tempo foi revelada durante a apresentação, mostrando que, inicialmente, o novo serviço deve chegar à América do Norte durante o verão de 2023, seguido da América Latina e, apenas em 2024, chegará à Europa e Ásia.

Segundo a Variety, o catálogo de ambos os streamings devem mudar até a união ser concretizada, isso inclui a exclusão de alguns títulos da HBO Max, e a inclusão da programação da Magnolia Network na plataforma.

Veja também: CEO da Warner Bros Discovery planeja projeto de 10 anos para o universo DC

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.