Votação da PEC Emergencial é adiada para a próxima quinta (4)

Ideia do Presidente do Senado era colocar o texto em votação já nesta quinta-feira (25). Mas sem acordo, ele não deve pautar votação

1

A PEC Emergencial não vai mais passar pela votação do Senado nesta quinta-feira (25). Agora, o texto vai criar mais uma semana de discussão. Assim, a ideia agora é que a votação do texto aconteça apenas na quinta-feira (4).

Esse adiamento joga um banho de água fria do Governo Federal e no próprio Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). Pacheco prometeu que colocaria esse texto em votação já nesta semana. Mas não conseguiu.

É certamente também uma notícia importante para quem espera a prorrogação do Auxílio Emergencial. É que esse texto da PEC Emergencial não garante o auxílio, mas ele é o primeiro passo para garantir o auxílio lá na frente.

E com esse adiamento está difícil de saber o que esse “lá na frente” significa de fato. A ideia e o desejo do Governo era começar os pagamentos já no início do próximo mês de março. Mas nós já estamos nos últimos dias de fevereiro e a PEC Emergencial nem passou por uma votação.

Essa PEC Emergencial é a PEC que cria um dispositivo econômico. Sem esse dispositivo, o Ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que não tem condições de ter a prorrogação do Auxílio Emergencial. Por isso que essa PEC acabou virando um tema importante para tanta gente.

PEC Emergencial

O grande problema em toda essa história é que o texto da PEC Emergencial é polêmico. Em um dos trechos, por exemplo, o Governo quer acabar com a taxa mínima de investimento em saúde e educação. Isso acabou deixando muitos parlamentares com um pé atrás.

Nas redes sociais, dezenas de políticos, artistas e ativistas fizeram campanha contra o texto. Seja como for, Guedes diz que não há chances de voltar atrás com esses pontos. Agora é esperar para ver as cenas dos próximos capítulos.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Votação da PEC Emergencial é adiada para a próxima quinta (4) […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.