Você tem alergia ao suor? saiba como tratar

1

O suor é uma reação fisiológica que existe com o intuito de diminuir a temperatura do corpo. Contudo, algumas pessoas possuem alergia ao suor. Essa condição também é chamada de urticária colinérgica e aparece após o aumento da temperatura do corpo. Assim, essa queixa é muito frequente em pessoas realizam atividade física. Mas, será mesmo que é o suor que causa a alergia?

O surgimento da urticária colinérgica se dá geralmente no final da adolescência e começo da vida adulta. Essa alergia se caracteriza pelo aparecimento de pápulas eritematosas e pruriginosas, que são lesões sólidas na pele, com diâmetro de 1 -3 mm, após um estímulo capaz de elevar a temperatura corporal. Essas lesões costumam coçar muito e aparecem, principalmente, na região das costas e do pescoço. Isso ocorre após uma elevação da temperatura do corpo que pode ser por exercícios físicos, tensões emocionais, banhos muito quentes ou até mesmo em decorrência da febre. Cabe ressaltar, portanto, que não é a sudorese que provoca o aparecimento da alergia, mas sim qualquer estímulo que seja capaz de aumentar a temperatura do corpo.

Da mesma forma que o surgimento dessas lesões é abrupto, o seu desaparecimento também é, pois elas podem desaparecer em questão de minutos ou horas, sem deixar nenhum tipo de cicatriz. A péssima notícia é que elas sempre voltam quando o estímulo é realizado, no caso, o aumento da temperatura corporal.

As características dessa reação alérgica devem ser bem observada pelo médico, a fim de se estabelecer um diagnóstico assertivo. Em muitos casos, é necessário realizar um teste de aquecimento local, que pode ser feito utilizando água quente em contato com a pele por alguns minuto. O teste será positivo  quando o aquecimento de uma parte do corpo estimular o surgimento das pápulas, confirmando o diagnóstico de urticária colinérgica.

Entretanto, existe um outro tipo de alergia que ocorre apenas ao realizar exercícios físicos, sendo chamada de urticária induzida por exercícios físicos. Neste caso, outros estímulos, com exceção do exercício, que aumentem a temperatura, não causarão a alergia.

 

Como é realizado o tratamento

A urticária colinérgica é uma condição crônica que pode ser muito prejudicial à qualidade de vida da pessoa que convive com a doença. Entretanto, seus sintomas podem ser aliviados. Primeiramente, é de suma importância que sejam retirados todos os estímulos que levem ao aumento da temperatura corporal.

Nesse sentido, o ideal é manter o corpo com a temperatura mais baixa, evitando exercícios físicos que aumentem a temperatura, tomando banhos gelados e, se possível, realizar compressas frias durante as crises alérgicas. Além disso, em alguns casos, o tratamento da urticária colinérgica pode incluir a administração de medicamentos antialérgicos (anti-histamínicos).

 

 

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Você pode se interessar também: Você tem alergia ao suor? saiba como tratar […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.