Viúva de Paulinho do Roupa Nova quer engravidar do cantor: “Eternizar meu marido”

Elaine Bastos volta a afirmar que engravidará do falecido este ano

0

Elaine Bastos, viúva de Paulinho do Roupa Nova, voltou a afirmar em entrevista para a revista Quem, nesta terça-feira (4), que pretende engravidar do cantor. Aos 39 anos de idade, a empresária fará uma fertilização in vitro, já que tem uma autorização por escrito do falecido.

Após separação, Simone Poncio é internada em clínica psiquiátrica

“Vou fazer o procedimento e terei condições de ter meus filhos. Nós fizemos [ela e Paulinho] essa coleta em 2012/2013. Não conseguíamos engravidar na época e, depois, ele começou a ter uma rotina de shows intensa. Já até mandei a declaração que o Paulinho me deu para o Dr. Luiz Fernando Dale [ginecologista especializado em reprodução humana]”, explica a viúva, que hoje trabalha como ambulante para complementar a renda.

Elaine já está se preparando para tomar as injeções de hormônio, assim que deixar de tomar sua medicação psiquiátrica: “Ele [Paulinho] deixou uma autorização explícita botando o meu nome, que só eu poderia retirar esses espermatozóides que foram colhidos para darmos continuidade à nossa família, uma nova família. E vou eternizar meu marido. Ele já está eternizado no meu coração, mas pelo menos uns pedacinhos dele vou ter”.

Elaine virou ambulante

Elaine Soares, viúva do Paulinho do Roupa Nova, virou ambulante no Rio de Janeiro após enfrentar dificuldades financeiras. De acordo com o ‘Balanço Geral’, da RecordTV, em dezembro deste ano, a ex-advogada tem uma barraca de venda de utensílios domésticos.

A empresária, inclusive, entrou com um processo na Justiça para comprovar que tinha uma relação estável com Paulinho, após ser retirada como inventariante da herança. De acordo com a filha do músico, Twigg, a ação está parada na Justiça desde dezembro de 2020.

Twigg e o irmão, Pepe Santos, argumentam que o casamento do pai com Elaine já havia acabado antes da morte dele, mas a viúva teria documentos que provam o contrário. Em entrevista para a revista Quem, em 2020, ela alega que era dependente do músico: “Soube que eles abriram o inventário logo depois da morte do pai, no dia 16 de dezembro, na 7ª Vara da Comarca da capital, e não me incluíram. Desde o início, queria fazer tudo de forma consensual, não queria, nem quero, briga nem confusão”.

Elaine já foi acusada de trair e até agredir o músico.

 

 

 

Veja também: Duda Nagle exibe reencontro com Sabrina Sato e filha após rumores de crise

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.