Vice-presidente do Afeganistão sobrevive após ataque a bomba

Amrullah Saleh sofreu algumas queimaduras mas passa bem. Seja como for, o ataque a bomba matou 10 pessoas e deixou 31 feridos em Cabul

0

O vice-presidente do Afeganistão, Amrullah Saleh, sofreu um ataque a bomba na manhã desta quarta-feira (9) em Cabul. Mas ele sofreu apenas queimaduras leves e já informou que passa bem mesmo depois do ataque.

Em nota, o gabinete da vice-presidência comemorou a sobrevivência do Saleh. Eles afirmaram que o ataque a bomba “falhou” e que os inimigos “não obtiveram sucesso na tentativa”. O conceito da comemoração pode estar um pouco distorcido neste momento.

É que mesmo que o ataque não tenha vitimado o vice-presidente, outras 10 pessoas morreram no momento. Além disso, outras 31 ficaram feridas. Algumas delas, aliás, correm sérios riscos de vida logo depois do ataque que aconteceu na famosa Praça Taimani Sabiqua.

Apesar de falar que os inimigos falharam, não se sabe ao certo quem seriam esses inimigos. É que, pelo menos até a publicação desta matéria, nenhum grupo assumiu a autoria do ataque. Vale lembrar que assumir a autoria de ataques como este é algo absolutamente comum na região.

De acordo com as informações de agências de notícias internacionais, o grupo Talibã já informou que não teve nada a ver com o ataque. Seja como for, ele aconteceu e a imprensa local apura mais informações sobre o caso.

Bomba no vice-presidente

Não é a primeira vez que acontece um ataque a bomba contra o vice-presidente do país. Ainda no ano passado, outro ataque como este chamou a atenção do mundo. Na ocasião, uma bomba atingiu o escritório da autoridade.

Seja como for, ele também escapou ileso da situação. O mesmo não se pode falar de outras 24 pessoas que morreram no ataque naquela ocasião. Oficialmente, o governo do Afeganistão ainda não se pronunciou sobre esta ataque desta quarta-feira (9).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.