Venezuela surpreende o Equador e vence em casa pelas Eliminatórias

Resultado mantém os visitantes momentaneamente em terceiro lugar

0

A lanterna Venezuela venceu o Equador por 2 a 1 na tarde deste domingo (10), no estádio Olímpico de La UCV, em Caracas, em jogo originalmente válido pela quinta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022.

Com esse resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Leonardo González, foi a 7 pontos e deixou o Chile em último lugar momentaneamente.

Por sua vez, os equatorianos, sob comando do técnico Gustavo Alfaro, continuam em terceiro lugar, com 16, mas podem cair na classificação.

Agora, na próxima rodada, a Venezuela volta a campo na quinta-feira (14), quando visita o Chile, a partir das 21h, no estádio de San Carlos de Apoquindo.

Enquanto isso, os equatorianos jogam novamente fora de casa também na quinta-feira, mas a partir das 18h, quando visitam a Colômbia no estádio Metropolitano de Barranquilla.

O jogo

A partida começou com a Venezuela tendo mais posse de bola, mas sem muita qualidade técnica e objetividade para levar perigo ao gol.

Por outro lado, mesmo com uma formação inicial mais cautelosa, a seleção do Equador era mais efetiva quando chegava ao ataque, mesmo sem criar grandes chances de gol.

Mas, aos 17min, a Venezuela levou muito perigo com Bello, em chute que o goleiro do Equador espalmou para escanteio.

Depois, aos 31min, Ángelo Preciado perdeu uma grande oportunidade de marcar para o Equador.

Na oportunidade, o lateral recebeu livre na área, cara a cara com o goleiro, mas perdeu a chance, errando o alvo.

Mas, pouco tempo depois, o Equador conseguiu um pênalti e, na cobrança, Valencia fez 1 a 0 para os visitantes.

No entanto, antes do intervalo, a Venezuela chegou ao gol de empate com Machís, que completou na pequena área: 1 a 1.

Segundo tempo

Na etapa final, o Equador começou melhor, alçando bolas na área e tentando o segundo gol nos primeiros minutos.

No entanto, o gol não saía e, aos 18min, a Venezuela chegou ao segundo gol com Bello, em cobrança de falta de longe, que foi no canto direito: 2 a 1.

Em seguida, aos 20min, Mena quase empatou para o Equador, mas a o goleiro espalmou para escanteio.

Depois, aos 23min, Eric Ramírez cabeceou no travessão, levando muito perigo, quase empatando.

Aos 29min, o Equador teve outra grande chance, desta vez com Arboleta, que mandou a bola na trave.

Porém, a Venezuela conseguiu se segurar e evitou o gol de empate dos donos da casa.

Leia também: Santos marca no final, vence o Grêmio e deixa zona de rebaixamento

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.