Vendas de supermercados têm leve alta em abril deste ano, diz Abras

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) também informou que o setor acumula alta de 4,06% na comparação com o mesmo período de 2020

0

A Associação Brasileira de Supermercados (Abras) divulgou nesta quinta-feira (10) o seu levantamento sobre as vendas de supermercados em abril. De acordo com os dados, o setor registrou expansão de 2,77% na comparação com abril de 2020. No entanto, o setor caiu 4,82% em relação a março deste ano.

Vale destacar que o aumento observado na comparação anual acontece em termos reais. Isso quer dizer que os dados passaram por descontos da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Aliás, o levantamento da Abras não considera apenas o desempenho de grandes supermercados. Em resumo, os dados incluem, além destes, os hipermercados de bairros e os minimercados, chamados de atacarejo. Assim, englobam todos os canais de operação.

Vendas no acumulado no ano também crescem

Além disso, a Abras informou que o setor de supermercados acumulou nos quatro primeiros meses de 2021 um avanço de 4,06% em relação ao mesmo período de 2020. Esse resultado aconteceu, principalmente, por causa da pandemia da Covid-19, decretada em março do ano passado.

Em suma, a crise sanitária afetou diversas atividades econômicas em todo o mundo. Com as medidas restritivas para conter o avanço da pandemia, houve limitação de oferta de produtos e quantidade de clientes nos estabelecimentos, que acabaram encarecendo diversos itens.

Segundo a Nielsen, empresa de pesquisas, a demanda no atacarejo vem crescendo de maneira acelerada nos últimos tempos, superando até mesmo o aumento do varejo alimentar neste ano. Contudo, a Abras não possui dados detalhados do desempenho dos canais de operação do setor. Por isso, não pode reportar o real desempenho apenas das vendas dos supermercados do Brasil.

Por fim, a Abras divulgou há poucas semanas o resultado do faturamento do setor de supermercados do país. Em síntese, o nível acumulado nos 12 meses de 2020 chegou a R$ 554 bilhões. A propósito, esse valor equivale a 7,5% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Isso mostra a força do setor de supermercados.

Leia Mais: Consumo mundial de café cresce 1,9% neste ano, aponta Embrapa

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.