Salário mínimo deveria ter sido de R$ 6.388,55 em julho

Análise estima valor em relação à cesta básica mais cara do país no mês, que foi a de São Paulo; Aracaju teve a cesta mais barata

1

O brasileiro continua ganhando muito menos do que deveria. De acordo com o mais recente levantamento divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo deveria ter sido de R$ 6.388,55 em julho deste ano.

O valor é 5,27 vezes maior que o salário mínimo vigente (R$ 1.212,00). Aliás, o Dieese estima o valor em relação à cesta básica mais cara do país no mês. E a cesta da cidade de São Paulo ocupou a primeira posição no ranking, com um valor de R$ 760,45, apesar da queda de 2,13% em relação a junho.

Na comparação com julho de 2021, o aumento no preço da cesta básica em São Paulo foi de 18,73%. Já no acumulado deste ano, a variação chegou a 10,13%.

Segundo o Dieese, cinco dos 13 itens pesquisados tiveram alta em São Paulo no mês passado. Os avanços foram os seguintes: leite integral (23,18%), banana (5,29%), farinha de trigo (4,91%), manteiga (3,58%) e pão francês (1,47%).

Por outro lado, oito itens tiveram queda no preço e puxaram a cesta básica para baixo no mês. Os principais recuos vieram de tomate (-24,19%) e batata (-13,93%).

Em suma, o valor da cesta básica se refere ao conjunto de alimentos básicos, que são aqueles necessários para as refeições de uma pessoa adulta durante um mês. O cálculo do Dieese considera uma família composta por dois adultos e duas crianças.

Trabalhador compromete mais da metade do salário

A pesquisa também comparou o custo da cesta com o salário mínimo líquido. Nesse caso, o Dieese levou em consideração os descontos referentes à Previdência Social, de 7,5%.

A saber, o resultado mostrou que o trabalhador comprometeu 59,27% do salário mínimo líquido para comprar alimentos básicos para uma pessoa adulta. Já o tempo médio necessário para que um trabalhador adquira produtos da cesta básica chegou a 120 horas e 37 minutos em março.

Além disso, o Dieese revelou que a cesta básica mais barata do país foi a de Aracaju (R$ 542,50). Caso essa tivesse sido a cesta básica mais cara do país, ela comprometeria pouco mais de 42% do salário mínimo líquido, taxa bem inferior da cesta básica de São Paulo.

Leia Mais: LOTOMANIA acumula e prêmio vai a R$ 1,2 MILHÃO; veja como apostar

5/5 - (1 vote)
1 comentário
  1. Helcio Diz

    Brincadeira esse salário mínimo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.