Veja o que fazer se você não recebeu todas as parcelas do Auxílio Emergencial

Especialistas explicam os caminhos para cada um dos casos. Em situações mais simples, situação pode ser resolvida na hora

1

Imagine uma situação: uma pessoa recebeu apenas três ou quatro parcelas das seis que tinha direito do Auxílio Emergencial. Agora atente para o fato de que essa é uma realidade de muita gente pelo Brasil.

Se não aconteceu com você, pelo menos você deve conhecer alguma pessoa que passou por essa situação. O que fazer então quando isso acontece? Especialistas explicam que é preciso ter calma. Mas existem sim soluções.

Você pode, por exemplo, procurar ajuda jurídica. “Vou ter que gastar dinheiro?”. Não. Você não vai precisar gastar dinheiro. Você pode procurar a Defensoria Pública do seu estado. Por lá, você vai passar por um direcionamento.

Em casos mais simples, a situação pode passar por uma resolução na hora. Por exemplo, quando o bloqueio acontece por causa da falta de um documento, a simples apresentação desse documento pode reativar o benefício.

Vamos para um exemplo: quando um beneficiário deixa de receber o Auxílio porque possui um emprego. Ele pode comprovar na hora que não está trabalhando mostrando dados da Carteira de Trabalho e da rescisão de um contrato, por exemplo. Assim, o problema se resolve em minutos.

Bloqueio das parcelas

Mas há também os casos mais complexos. A maioria desses casos envolve questões de núcleo familiar. É que muitas vezes o bloqueio acontece porque o sistema entende que várias pessoas de uma mesma família estão recebendo o Auxílio.

Em casos como esse, é preciso entrar com uma ação judicial para mostrar que o cadastro do Governo não está de acordo com a realidade. Mas a boa notícia aqui é que a Defensoria Pública também pode ajudar nessa questão.

1 comentário
  1. Advogado Rio de Janeiro Diz

    Ótimo artigo! Acredito que sem o auxílio emergencial as dificuldades econômicas já encontradas seriam imensamente superiores. Talvez uma prorrogação em 2021 seria de grande valia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.