Veja algumas dicas de como juntar dinheiro mesmo ganhando pouco

Comece economizando pouco e aumente com o passar dos meses

1

O sonho de muitos brasileiros é chegar ao final do mês sem possuir dívidas e, de quebra, ter algum dinheiro guardado. Em muitos casos, isso realmente não passa de um sonho. Ainda mais no momento em que vivemos, com uma pandemia que traz impactos financeiros enormes para todos, sem contar nas vidas perdidas pela Covid-19, que é o mais triste de tudo.

Em relação às dívidas, um levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontou que mais de dois terços da população está endividada. De acordo com a CNC, 67,3% das famílias brasileiras possuíam alguma dívida em março deste ano. Desse total, 10,5% afirmaram não possuir condições para pagar dívidas ou contas em atraso. E a dívida com cartão de crédito figura como a modalidade com o maior percentual de endividados, alcançando 80,3%.

E é justamente em torno do cartão de crédito que os brasileiros precisam concentrar diversas mudanças. Isso porque muita gente nem sequer percebe o quanto gasta com os seus cartões até ver sua fatura. É como diz aquele meme: “gente, eu não sabia que ficar passando R$ 10,00 ou R$ 20,00 dava R$ 600,00”. Em resumo, é isso o que acontece com muitos consumidores.

Então, caso você faça parte deste grupo, lembre de acompanhar os seus gastos: acesse sua fatura de maneira regular, faça a soma de suas compras diária ou semanalmente e estabeleça um limite a pagar no mês. Isso irá demandar tempo e dedicação, além de memória. Por isso, coloque lembretes no celular, na geladeira, no guarda-roupa ou em qualquer lugar que possa, realmente, lembrar você. O importante é ter compromisso e determinação.

 

Veja mais dicas de como poupar dinheiro

Outro grande fator de gastos altos é a carga de juros das transações financeiras. Por exemplo, um eletrodoméstico pode sair bem mais caro em caso de parcelamento de seu valor. Então, para conseguir pagar mais barato por algo, planeje-se. Corte gastos desnecessários, ou pelo menos diminua-os, e guarde o que sobrar. É melhor pagar à vista do que parcelado, ainda mais quando há juros elevados.

Você também pode fazer uma planilha, no computador ou no papel mesmo. O importante é detalhar os gastos fixos e essenciais, e ver o quanto eles equivalem da sua renda. Para o valor que sobrar, retire uma parcela para lazer, pois a paz interior e o alívio mental são tão importantes para o corpo quanto o bem-estar físico.

Caso você não possua o hábito de guardar dinheiro, comece com 1% ou 2% da sua renda. Por exemplo, se você recebe R$ 1.500,00 no mês, guarde R$ 15,00 ou R$ 30,00 nos primeiros meses. Conseguindo cumprir essa meta, comece a aumentar o valor. No final de um ano, você perceberá que terá guardado o valor de um eletrodoméstico ou daquela viagem que você tanto sonhava em fazer.

Por fim, lembre que dinheiro tem pernas curtas, como bem diz o dito popular. Não faça gastos desnecessários, quite suas dívidas, gaste menos do que você ganha, não pague contas em atraso e aprenda a dizer não. Esses são passos importantes para que você consiga fechar o mês no azul, sem dores de cabeça com dívidas e ainda guardando dinheiro.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia Mais: Veja algumas dicas de como juntar dinheiro mesmo ganhando pouco […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.