‘Vai limpar lixo, eu tenho ensino superior’, diz morador tentando humilhar gari em Belém

No vídeo, é possível ver o homem proferindo xingamentos e ainda se gabando para o Gari, dizendo que havia cursado uma faculdade

0

Um vídeo que viralizou nas redes sociais nesta segunda-feira (24) mostra uma triste cena. Nela, é possível ver um morador do distrito de Icoaraci, em Belém, no Pará, tentando humilhar um gari que estava trabalhando retirando entulhos.

No vídeo, é possível ver o homem proferindo xingamentos e ainda se gabando que havia cursado uma faculdade. “Vai limpar lixo”, disse o suspeito, afirmando que não iria varrer o chão porque tinha nível superior. “Pode tirar ali, ‘bora’, tudinho, mais ali”, completa o suspeito enquanto debocha do trabalhador.

Em nota, também divulgada nesta segunda, a Agência Distrital de Icoaraci, que é ligada à Prefeitura de Belém, afirmou que o caso foi registrado no sábado (22). Ainda segundo a gestão, a assessoria jurídica do município foi acionada e um boletim de ocorrência foi registrado pelo crime de desacato, visto que o trabalhador é um servidor público.

Não suficiente, a agência informou que a Secretaria de Segurança Pública do Estado e também a Polícia Civil do Pará foram acionadas para investigar o caso e punir o suspeito, que foi identificado como Fabrício Modesto.

No vídeo, é possível ver o homem proferindo xingamentos e ainda se gabando para o Gari, dizendo que havia cursado uma faculdade.
No vídeo, é possível ver o homem proferindo xingamentos e ainda se gabando para o Gari, dizendo que havia cursado uma faculdade. (Foto: reprodução)

Morador se pronunciou nas redes sociais

Após a repercussão do caso, Fabrício Modesto foi às redes sociais e, além de dizer que está sofrendo injúria, difamação e calúnia por questão “meramente política”, afirmou que tem todo o “direito de cobrar do poder público”. “Ser chamado de criminoso pela agente distrital de Icoaraci foi tão grave quanto o que o rapaz filmou para me prejudicar”, afirmou o homem.

Por fim, a Polícia Civil afirmou que o homem e também o gari serão intimados para explicar o que aconteceu a Delegacia de Combate aos Crimes Discriminatórios e Homofóbicos. “Todos os procedimentos cabíveis estão sendo realizados para a elucidação do crime”, finalizou a corporação.

Leia também: Vereador de SP é detido dentro de piscina acusado de injúria e preconceito no Rio

5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.