Usuários do Mozilla Firefox terão de conviver com erro potencialmente perigoso por mais dois meses

Na realidade, ele já está acontecendo há mais de um ano

0

 

Pessoas que estão fazendo videochamadas com mais frequência por causa da pandemia e têm um aparelho com o navegador Mozila Firefox instalado estão passando por uma situação perigosa: a de a sua câmera ficar permanentemente ligada, mesmo quando isso não é desejado.

O alerta foi feito pela Appear TV e a resposta da empresa responsável pelo Mozila deixou internautas e especialistas em segurança bastante insatisfeitos: ainda pode demorar mais dois meses para uma solução.

O principal problema é que já faz mais de um ano que esse bug tem sido notado e isso seria tempo suficiente para que a empresa o detectasse e providenciasse o reparo, inclusive para manter a segurança dos seus usuários.

O que o bug causa exatamente?

Quando alguém está realizando uma chamada por vídeo e trava a tela (ou mesmo desliga essa chamada) é esperado que a câmera também pare de funcionar. Todavia, o erro encontrado no Mozila Firefox não permite que esse desligamento aconteça.

Isso significa que a câmera segue permanentemente ligada e que hackers têm a possibilidade de visualizar o usuário, o ambiente que ele está e muito mais.

Uma vez que os criminosos cibernéticos sabem que o Mozila Firefox está lidando com esse erro e que pode demorar dois meses para a sua solução, eles tendem a se aproveitar e intensificar as invasões a dispositivos.

Cabe salientar que, com a câmera sendo invadida, a privacidade desse usuário também o é: qualquer coisa que ele esteja fazendo e que seja enquadrada pela câmera do smartphone poderá ser armazenada por esse criminoso e usada contra esse internauta.

Uma solução temporária é, por enquanto, excluir o app Mozila Firefox do dispositivo móvel, dando preferência a outros navegadores. Depois da exclusão, o smartphone precisa ser scaneado por um antivírus.

Assim que a empresa desenvolvedora do Mozila Firefox comunicar que o bug em questão está solucionado, não haverá problema em instalar novamente o aplicativo, que receberá incrementos, como a extensão Firefox Nightly.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.