Unicamp: vestibular com menos questões e dois dias de prova

A definição da 1ª fase do vestibular 2021 da Unicamp foi anunciada nesta sexta-feira.

2

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) anunciou a implantação de mudanças na aplicação de seu vestibular para o primeiro semestre de 2012 nesta sexta-feira, 5 de junho. Até então, a Unicamp, juntamente com a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, enfrentava incertezas em relação ao seu vestibular.

Devido à crise ocasionada pela pandemia do novo coronavírus, diversas universidades tiveram que cancelar ou promover alterações na aplicação de seus vestibulares. Nesse sentido, a Unicamp, visando se adequar a essa nova realidade, noticiou nessa manhã a mudança da data de realização das provas de seu vestibular. A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) oficializou no site da universidade que a aplicação das provas acontecerá no mês de janeiro de 2021.

No entanto, a comissão da Unicamp segue aguardando a divulgação da nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para, somente então, agendar o dia exato do vestibular.

Estrutura da prova da Unicamp

A estrutura da tradicional prova de vestibular da Unicamp também será alterada no vestibular 2021. A prova será aplicada em dois dias consecutivos, sendo os temas Ciências Exatas, Tecnológicas e Ciências Humanas/Artes os primeiros abordados, com aplicação no sábado. Logo depois, no domingo, será a vez da prova que trata sobre Ciências Biológicas e Saúde.

A prova do vestibular, que até então era formada por 90 questões, terá seu tamanho total reduzido para 72 questões. Além disso, o tempo para sua realização também foi alterado, de cinco horas nos anos anteriores para quatro horas de duração.

Tratando-se sobre a quantidade de questões elaboradas em cada área do conhecimento, a prova seguirá a seguinte divisão:

  • Língua Portuguesa e Literatura: 12 questões.
  • Matemática: 12 questões.
  • Biologia, Física, Geografia/Sociologia, História/Filosofia, Inglês e Química: 8 questões cada.

De acordo com a Unicamp, o objetivo da divisão dos conteúdos da prova em dois dias é evitar a aglomeração de pessoas.

Inscrições

A partir do dia 12 de junho já estarão abertas as solicitações da isenção de taxa de inscrição pelo site da universidade. A taxa de inscrição para o vestibular 2012 da Unicamp é de 170 reais.  Por fim, as inscrições vão do dia 31 de julho a 8 de setembro.

Para mais informações, acesse o site da Comvest.

2 Comentários
  1. […] uma série de consecutivas alterações nas datas dos vestibulares, como aconteceu com a Unicamp e a PUCRS, e até mesmo cancelamentos, como é o caso da UnB, chegou a vez de a Universidade […]

  2. […] Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) sobre a data do Enem para definir as datas do próprio […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.