TST retoma atividades presenciais e espera adiantar mais processos

Com a retomada, TST espera adiantar ainda mais os processos trabalhistas. Seja como for, retorno está acontecendo com muita cautela

0

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) retomou as atividades presenciais nesta terça-feira (10). Com isso, o tribunal espera acelerar ainda mais os processos trabalhistas que chegam por lá. Seja como for, o retorno é gradual.

De acordo com informações do próprio TST, as atividades voltaram apenas para os gabinetes dos ministros e para algumas áreas essenciais. As pessoas que são do grupo de risco seguem sem precisar voltar agora.

Esse retorno também não quer dizer que tudo agora passará a ser presencial. A maior parte dos processos seguirá com o julgamento remoto. Aliás, uma ala do TST quer manter essa modalidade de processo mesmo depois da pandemia.

Mas isso é assunto para um futuro próximo. Agora, o que se sabe é que os empregados estão aos poucos voltando para o tribunal. Todos eles estão passando por medição de temperatura, usando máscaras e respeitando o distanciamento social.

Quem é de fora segue com a proibição de entrar no TST, que fica em Brasília. Mas agora há um afrouxamento da regra. Uma pessoa de fora pode entrar desde que algum dos ministros libere essa entrada nesse momento.

Processos trabalhistas

Atrasos em processos trabalhistas não são incomuns no Brasil. Há casos em que o trabalhador passa vários anos esperando o resultado. Vale lembrar que o TST é a última instância trabalhista do país, ou seja, é o último passo para o resultado final.

Esses trabalhadores costumam esperar ansiosamente pelo resultado para saber se ganham ou não o direito de receber o que estão pedindo. Com o retorno presencial no TST, pode ser que essa espera demore um pouco menos. Mas momento segue sendo de cautela.

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.