Trump assina pacote de ajuda de 900 bilhões de dólares para covid

3

O presidente americano Donald Trump aprovou, nesta segunda-feira (28), o pacote de ajuda econômica de 900 bilhões de dólares para o combate ao coronavírus. A assinatura do projeto de lei encerra dias de drama sobre a recusa em aceitar o acordo criado pelos dois partidos do país, o Democratas, de Joe Biden, e o Republicanos, de Trump.

De acordo com a imprensa local, o dinheiro, que era há muito tempo aguardado por empresas e cidadãos, ainda evita uma paralisação do governo federal. Isso porque, sem a legislação, o governo teria fechado na próxima terça-feira (29) e milhões de americanos teriam perdido proteções de despejo e seguro-desemprego

Em contrapartida, apenas o atraso em assinar o texto já permitiu a expiração de programas cruciais de auxílio ao desemprego. 

Trump divulgou um comunicado dizendo que havia assinado o projeto. Além disso, afirmou que era sua “responsabilidade proteger o povo de nosso país da devastação econômica e das dificuldades causadas pelo coronavírus”, informou a mídia americana.

O atraso de Trump

Antes disso, na semana passada, o presidente dos Estados Unidos surpreendeu os membros de ambos os partidos. Ele interrompeu meses de negociações quando exigiu que o pacote de ajuda seja revisado para incluir maiores verificações de alívio e redução de gastos. 

Antes de cair nas mãos do presidente americano, o texto passou pela aprovação da Câmara e do Senado, e obteve grandes margens. Naquela época, acreditava-se que o projeto de lei teria o apoio de Trump. No entanto, a decisão de adiar a assinatura permitiu que milhões de americanos expirassem os benefícios do desemprego.

A assinatura da proposta evita outra crise da própria criação de Trump e termina um impasse com seu próprio partido durante os últimos dias de sua administração. Não está claro o que Trump queria com seu atraso, se é que tinha alguma coisa. De fato, ele conseguiu irritar todos os lados e dar poder aos democratas a continuarem seu esforço por medidas de maior alívio à covid, o que o próprio partido de Trump opõe.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.