Trio finge ser da polícia, entra em casa e mata jovem

Um mulher afirma que os três portavam armas de fogo e que um deles, que segurava um papel, alegou ser policial e estar procurando por alguém

1

Um jovem de 22 anos foi morto a tiros no último domingo (21) em Viçosa (MG) depois que um trio de indivíduos entrou na residência vestindo coletes balísticos com a palavra “Polícia”. De acordo com a Polícia Militar (PM), o material usado pelos suspeitos é falsificado e eles são conhecidos por envolvimento com o tráfico de drogas na região.

Leia também: Funcionárias do Burger King são agredidas por consumidores; Veja o vídeo

Segundo a PM, uma testemunha do crime revelou que foi ela que abriu a porta para o trio. Ainda conforme ela relatou, os três portavam armas de fogo, sendo que um deles, que segurava um papel, alegou que era policial e estava procurando por alguém.

Quando eles entraram na residência, o jovem ainda tentou se esconder debaixo de uma cama. Todavia, o trio acabou encontrando a vítima e a matando. Em seguida, os três indivíduos fugiram. A vítima teve o óbito confirmado no local. A perícia técnica recolheu cartuchos deflagrados de calibre 12 e 380.

Vítima era alvo antigo 

De acordo com a PM, a vítima tinha desentendimentos com os autores e era um alvo antigo dos criminosos. Prova disso é que o jovem havia passado um tempo longe da cidade para escapar dos mesmos, mas tinha retornado há cerca de um mês.

Até o momento, somente um suspeito do crime foi localizado. Todavia, ele acabou sendo liberado. Isso porque o acusado negou participação no crime e a polícia não encontrou pessoas que confirmassem a participação dele na execução. Os outros dois indivíduos não foram localizados até a última atualização desta reportagem. O caso segue para investigação.

Mais falsos policiais 

O caso registrado em Viçosa não foi o único relacionado a pessoas que se passam por policiais. Isso porque em Cariacica, no Espírito Santo, um jovem, de 22 anos, foi atingido por dois tiros disparados por homens que disseram ser agentes da PM.

O crime aconteceu na noite de domingo (21) e o jovem, que sobreviveu, contou para a polícia que, ao voltar para casa, ele e outras pessoas que desceram de um ônibus foram abordadas por dois homens em um carro.

Neste momento, eles deram voz de parada dizendo que eram policiais. Assustadas, as vítimas tentaram fugir, mas os homens atiraram. Dois disparos atingiram a perna do jovem. Em nota, a Polícia Civil revelou que investiga o caso e, até o momento, nenhum dos homens foi encontrado.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Leia também: Trio finge ser da polícia, entra em casa e mata jovem […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.