Transtorno de Personalidade Histriônica: o que é, sintomas.

1

Transtorno de Personalidade Histriônica é considerado um transtorno de personalidade que ocorre pela necessidade de reter a atenção de um público específico. Dessa forma, o indivíduo pode sentir a obrigação de receber aprovação e até mesmo, comportamento sedutor durante conversas comuns. O estado é alterado de forma rápida entre o alegre e o pessimista.

Acredita-se que ao redor do mundo apenas 2% da população sofra com o Transtorno de Personalidade Histriônica. Em suma, não há um aumento de casos em determinado sexo, os valores são parecidos. Alguns especialistas podem confundir essa doença com outras relacionadas como borderline, antissocial e narcisista.

Transtorno de Personalidade Histriônica: o que é, sintomas.

Transtorno de Personalidade Histriônica sintomas

A doença psiquiátrica possui alguns sintomas que podem variar dependendo de cada indivíduo. Entretanto, esses são os mais comuns:

  • Comportamento exibicionista;
  • Busca excessiva por aprovação e aceitação;
  • Orgulho da própria personalidade;
  • Comportamento sedutor;
  • Uso de sintomas depressivos e ansiosos para chamar a atenção;
  • Necessidade de ser o centro das atenções;
  • Decisões precipitadas;
  • Difamação de pessoas;
  • Altamente influenciáveis por tendências e outros indivíduos.

Causas do Transtorno de Personalidade Histriônica

As causas do TPH ainda são desconhecidas. Ademais, acredita-se que seja por fatores ambientais ocorridos durante a infância. Como exemplo são as mortes ou doenças de pessoas próximas que causaram ansiedade constante. A falta da figura materna ou paterna pode influenciar e ser um dos motivos.

Diagnósticos

Segundo Gabbard (1988) e Freemann (2007), mulheres que sofrem com o Transtorno de Personalidade Histriônica geralmente recorrem à anorgasmia. Apesar disso, nos relacionamentos a busca pela sedução é constante juntamente com a afetividade superficial.

Ou seja, quando ocorre a inibição do orgasmo. Já no caso de homens, para satisfazer a manipulação egoica, fazem o uso de assédios repentinos para sentirem-se os centros das atenções.

Tratamento

O tratamento pode ser realizado através da Psicoterapia psicodinâmica. Ou seja, o mesmo que para outros transtornos de personalidade. Esse tratamento focaliza especificamente nos conflitos subjacentes e é o mais recomendado para ser abordado com o paciente.  Dessa forma, essas pessoas que sofrem com o TPH podem descobrir que nem sempre  o uso do corpo para chamar a atenção é adequado.

Além disso, a psicoterapia também tem o objetivo de mostrar ao paciente o quanto danosas são as atitudes para a própria imagem.

E então, existe mais algum transtorno psicológico que você gostaria que fosse abordado no site? Deixe nos comentários quais são as suas recomendações.

Referências

Cloninger, C. R., Svrakic, D.M., Przybeck, T.R. (2006) Can personality assessment predict future depression? A twelve-month follow-up of 631 subjects. “J Affective Disorder”, 92 (1), 35-44.

Transtorno de personalidade histriônica”. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. Associação Americana de Psiquiatria (2000)

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.