Transmissão de série de Natal é proibida por Príncipe William e Kate Middleton

0

A guerra entre a realeza britânica e a BBC One tem dado o que falar. O último acontecimento foi nesta quarta-feira, 24, segundo relatos de um informante do Palácio de Kensington ao The Sun. Acontece que a Coroa britânica havia firmado uma parceria com a emissora para transmitir um evento de caridade realizado na Abadia de Westminster e promovido pelo Príncipe William e Kate Middleton. 

 

Transmissão de série de Natal é proibida por Príncipe William e Kate Middleton
Transmissão de série de Natal é proibida por Príncipe William e Kate Middleton. (Imagem: Getty Images)

 

Mas em virtude do rompimento do contrato entre a família real e a BBC os Duques de Cambridge transferiram o especial natalino para outra emissora, a ITV. No entendimento do informante, a mudança de última hora do casal é reflexo de um golpe real para o canal britânico. “A ITV ficou surpresa, mas encantada, ao receber a última chamada oferecendo a eles este incrível exclusivo. Será um show fantástico de canções de Natal que será ouro na TV para os telespectadores em casa” declarou o assessor real.

Em contrapartida, a fonte da Coroa disse que “estava tudo planejado para ir para a BBC One, mas foi mudado nos últimos dias por causa da terrível briga em torno do documentário”, declarou. A polêmica envolve os episódios do programa The Princes and The Press, que prometem causar ainda mais alvoroço no Palácio de Buckingham. A primeira parte do documentário foi transmitida na última segunda-feira, 22. 

Este primeiro episódio expôs uma situação na qual os irmãos William e Harry teriam instruído colaboradores da Coroa britânica a espalhar difamações um contra o outro na imprensa. O segundo episódio de The Princes and The Press contará a apresentação de Amol Rajan, jornalista e republicano declarado, conforme destacado pelo The Sun.

“E é provável que as coisas piorem muito entre a família real e a BBC antes de melhorarem, já que a segunda parte do documentário ameaça ir mais longe”, contou o informante. 

Em virtude do polêmico documentário, a rainha Elizabeth e os príncipes Charles e William publicaram uma nota oficial em conjunto. Em uma declaração furiosa emitida na última terça-feira, 23, os integrantes da dinastia Windsor criticaram a BBC por dar credibilidade a alegações exageradas e infundadas. Neste comunicado, o trio declarou estar disposto a denunciar o programa para o órgão regulador de comunicações do Reino Unido (Ofcom).

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.