Trabalhador vai perceber queda no valor da energia em janeiro, diz ANEEL

De acordo com a Agência que regula a energia elétrica do país, os trabalhadores seguirão pagando taxa, mas terá uma queda no valor

3

Trabalhadores começarão o ano de 2021 com um boa notícia para o bolso. Pelo menos de acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANNEL), o valor da conta de luz vai cair. Mas o brasileiro seguirá pagando uma taxa.

Isso vai acontecer porque o Brasil vai voltar para a faixa tarifária amarela. Dessa forma, ele vai pagar uma taxa de R$1,343 a cada 100 quilowatts-hora. Neste mês de dezembro, a bandeira é a vermelha.

Assim, hoje os brasileiros pagam a taxa mais alta possível sobre a energia elétrica. Atualmente, são R$6,243 a cada 100 quilowatts-hora. Dessa forma, dá para afirmar que trata-se de uma queda, mas ainda é cedo para comemorar.

De acordo com analistas da ANNEL o retorno para a bandeira amarela vai acontecer principalmente por causa do nível dos reservatórios do Brasil. É que há uma elevação desse nível sobretudo nos reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Seja como for, mesmo com essa situação, os agentes afirmam que o momento exige consciência. Então, quanto menos você gastar a sua energia elétrica melhor será. Isso porque a economia pode fazer a diferença do ponto de vista individual como do ponto de vista coletivo.

Conta de energia

Essas bandeiras tarifárias existem desde o ano de 2015. Elas servem para mostrar ao consumidor a situação da energia elétrica no país. Atualmente existem três bandeiras: a verde, a amarela e a vermelha.

A verde não exige o pagamento de nenhuma taxa. A amarela, que deve acontecer em janeiro de 2021, exige o pagamento de uma leve taxa. Já a vermelha, que é a que estamos agora, exige o pagamento de uma taxa muito alta.

Por causa da pandemia, o pagamento dessas taxas deixaram de existir desde o mês de maio. Seja como for, elas voltaram em dezembro e levantaram críticas de trabalhadores ao redor do país.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.