TOC pode ser desencadeado pela pandemia

Há uma linha tênue entre tomar os cuidados necessários para evitar a contaminação pelo novo coronavírus e o TOC.

0

Para evitar a propagação do novo coronavírus, as recomendações dos especialistas são claras. Higienização constante das mãos, com água e sabão ou álcool gel, e isolamento social. Porém, alguns comportamentos excessivos podem ser um sinal de alerta para o surgimento do transtorno obsessivo compulsivo (TOC) e fobias sociais.

Apesar de extremamente importantes no combate ao vírus, os cuidados com a higiene não podem se tornar uma compulsão. Porém, com a situação atual, muitas pessoas podem acabar exagerando nos cuidados, levando ao surgimento do TOC ou agravando os quadros já existentes.

O TOC é uma doença mental grave, na qual as obsessões do indivíduo, muitas vezes que surgem de medos irracionais, levam a uma série de comportamentos repetitivos. Em geral, a doença se manifesta com concentração em temas como o medo de contaminações ou germes e a necessidade de organizar objetos. Contudo, essas obsessões podem crescer de modo gradual e começar a prejudicar o comportamento da pessoa, impedindo-a de ter uma vida normal e realizar tarefas de rotina.

Igualmente, as fobias sociais caracterizadas pelo medo da interação com outras pessoas podem se agravar, em especial durante a quarentena.

Sinais de TOC e fobias sociais

Um exemplo em relação à possibilidade do surgimento do TOC na pandemia se diz a chegada das compras. Em geral, a população deverá ficar tranquila após sua lavagem. Porém, a pessoa com TOC poderá ter pensamentos relacionados ao tema mesmo após a desinfecção. Questões como “Será que eu limpei as compras direito?” se tornam freqüentes.

Igualmente, a lavagem de mãos em excesso pode ser prejudicial e um sinal de alerta. Em alguns casos, há relatos de pessoas que chegaram a ferir as mãos de tanto lavá-las. Além disso, o excesso de lavagens também pode desencadear problemas de pele.

Por último, exceder-se na limpeza da casa ou ter medo de ter que sair para realizar tarefas rotineiras também pode ser um problema.

Acima de tudo, pessoas que manifestam indícios de TOC ou fobias devem buscar por ajuda médica o mais rápido possível. Pois, quando não tratado, o quadro tende a piorar, interferindo na vida do paciente e também daqueles que o cercam.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.