Time do Catar quer tradução de notícias sobre suposta agressão de Dudu

0

O Al Duhail, clube que pretende formalizar proposta por Dudu, do Palmeiras, solicitou uma seleção de matérias jornalísticas, com a tradução das recentes notícias sobre a acusação de agressão à ex-esposa do atleta.

Palmeiras gastou pouco. Créditos: Reprodução Twitter
O jogador Dudu, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Cruzeiro EC, durante partida válida pela trigésima oitava rodada, do Campeonato Brasileiro, Série A, no Estádio Mineirão.

Na última segunda, Mallu Ohana, com quem Dudu tem dois filhos, relatou em Boletim de Ocorrência ter sido agredida por ele ao encontrá-lo na garagem do imóvel em que ela mora. O jogador deu depoimento duas vezes para dar sua versão dos fatos. Ele negou a acusação da ex-esposa e afirmou e diz que as imagens das câmeras de segurança mostram que ele não cometeu agressão.

Dias antes desse caso, Dudu informou à diretoria do Palmeiras do interesse do Al Duhail, do Catar, e que ele gostaria de se transferir para o Oriente Médio. No entanto, a proposta ainda não foi formalizada. Pois, seu estafe discute termos do negócio com os representantes do clube árabe.

O presidente do Al Duhail é Khalifa Bin Hamad Al Thani, irmão mais novo do emir do Catar, Tamim Bin Hamad Al Thani, dono do fundo que controla o Paris Saint-Germain. A direção do clube do Catar tem acompanhado com atenção os recentes acontecimentos envolvendo Dudu. A chegada do atacante do Palmeiras ocuparia o espaço aberto pela saída de outro jogador: Edmilson Junior, que deve retornar à Bélgica.

Entenda o caso Dudu

O atacante palmeirense Dudu é acusado de ter agredido sua ex-esposa, Mallu Ohana, na semana passada. No entanto, o jogador nega e diz que imagens comprovarão sua inocência. Conforme o publicado pelo jornalista Leo Dias, Mallu registrou Boletim de Ocorrência no mesmo dia, perante a Quarta Delegacia Seccional de Polícia, no bairro da Casa Verde, em São Paulo.

De acordo com o que consta no boletim, a ex-esposa de Dudu noticiou ter sido agredida pelo jogador, através de socos tanto na cabeça quanto na região do peito, além de puxões de cabelo, quando o encontrou na garagem do imóvel no qual ela mora atualmente. Ainda conforme o depoimento dela, funcionários que trabalham para ambos tiveram que se envolver na situação para cessar as agressões.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.